Entretenimento
Justiça
Participantes do BBB19 são investigados por racismo
Compartilhar

Processo corre sob sigilo na Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

Em 11/02/2019 às 13:55
Publicidade

A Decradi (Delegacia de Crimes Raciais e Delitos de Intolerância) do Rio Janeiro instaurou um inquérito nesta segunda-feira (11) para apurar casos de racismo que estão ocorrendo dentro do Big Brother Brasil 19. Segundo informações da Polícia Civil ao portal ´Universa´, do UOL, o processo corre sob sigilo.

As declarações mais recentes consideradas racistas foram dadas por Maycon e Paula. No último sábado (9), Maycon afirmou que "sentiu arrepios" ao ver Gabriela e Rodrigo, que são negros, dançando uma música de Jorge Aragão.

Publicidade


"Cumprimentei, conversei e de repente eu senti um arrepio. Começou a tocar umas músicas esquisitas. De repente, comecei a olhar e escutar uns negócios. Aí veio Jesus Cristo em minha mente [e disse]: ´Se fizer igual a eles, eles ganharão mais força´. Eu não sou doido", falou.

Em conversa com Hariany, Paula afirmou que tem medo de religiões de matriz africana: "Eu tenho muito medo do Rodrigo. Ele fala o tempo todo desse negócio de Oxum deles lá, que ele conhece. Eu tenho medo disso, mas nosso Deus é maior", completou.

Publicidade


NoticiasaoMinuto


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Por Felipe Azevedo
Por Felipe Azevedo
Venta forte em Brasília!
Em Política
Publicidade

Enquete
Você anda usa telefone fixo em casa?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor