Polícia
Sepultamento de "Lalinha"
Tristeza no sepultamento em Juazeiro do corpo do vendedor que morreu num acidente
Compartilhar

“Lalinha” morreu em um acidente no Espírito Santo (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Por Demontier Tenório
Em 21/03/2019 às 09:20
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE

O corpo do vendedor José Gilberlandio da Silva, de 40 anos, o “Lalinha” só chegou a Juazeiro às 06h30min de hoje e foi velado na casa de sua mãe, na Rua Santa Isabel, 1051 (Franciscanos). Às 11 horas houve missa numa das capelas do Centro de Velório Anjo da Guarda, seguida do sepultamento no início da tarde desta quinta-feira no Cemitério São João Batista. O adeus a "Lalinha" reuniu centenas de amigos e parentes num clima de muita tristeza e comoção.

Por volta das 20 horas da última segunda-feira (18) ele pilotava uma motocicleta quando foi abalroado por um veículo Ford Escort dirigido por um homem de 64 anos que terminou socorrido ao hospital apresentando escoriações pelo corpo. O acidente aconteceu na rodovia ES-387 mais precisamente na localidade denominada Sumidouro (Distrito de Celina) na zona rural de Alegre (ES) a uma distância média de 1,870 Km em relação a Juazeiro do Norte.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
Ele estava a trabalho no Espírito Santo e ali não possuía familiares, porém muitos amigos. Chovia muito na hora da colisão e o motorista disse à polícia que viajava na direção de Ibitirama quando, ao passar num trecho com muita lama, o carro rodou na pista e bateu na moto. “Lalinha” morreu no local e o seu corpo foi levado para o Serviço Médico Legal de Cachoeiro de Itapemirim. Dois irmãos dele estiveram no Espírito Santo cuidando da liberação do corpo e, em Juazeiro, foram muitas as homenagens póstumas ao mesmo que era um homem bastante conhecido e querido.


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria

Enquete
Na sua opinião, qual deputado com raízes no Cariri está se saindo melhor?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor