Ceará
Pioneiro na Abolição
Carta Magna: Por que dia 25 de março é feriado no Ceará?
Compartilhar

Monumento em Redenção-CE, primeira cidade a abolir pessoas escravizadas no Brasil. (Foto: Reprodução)

Por Alana Soares/Agência Miséria
Em 25/03/2019 às 10:15
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dia 25 de março é feriado estadual no Ceará desde 2012. A data celebra a assinatura da Carta Magna, em 1884, abolindo a escravidão na província quatro anos antes do restante do Brasil. No entanto, um ano antes, a Vila do Acarape, atual município de Redenção, inaugurava a libertação no país com a entrega de 116 cartas de alforria à pessoas escravizadas.

Por conta da abolição pioneira, o estado do Ceará ficou conhecido como “Terra da Luz”.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
A iniciativa de tornar a data um feriado estadual veio do deputado Lula Morais, que apresentou uma Emenda Constitucional aprovada em dezembro de 2011 pela Assembleia Legislativa do Ceará e promulgada com divulgação no Diário Oficial do Estado. A data é tida como uma oportunidade para lembrar e homenagear aqueles que lutaram pela liberdade e democracia.

Conhecido como Dragão do Mar, o jangadeiro Francisco Jose do Nascimento, natural de Canoa Quebrada, foi um dos mais importantes nomes para a abolição no Ceará. Chefe dos jangadeiros  Capitania dos Portos, ele se recusou   a transportar pessoas negras escravizadas vendidas para o sul do país, inciando uma revolta na Praia de Iracema em 1881. Francisco do Nascimento é um símbolo da resistência popular cearense contra a escravidão, e foi homenageado pelo governo do Ceará.
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
Sobre a data, o Governador Camilo Santana escreveu em seu perfil Oficial no Instagram:

Confira aqui:


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria

Enquete
Na sua opinião, qual deputado com raízes no Cariri está se saindo melhor?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor