Cariri
“Perda irreparável”
Morre aos 101 anos o Monsenhor Ágio Moreira, fundador da Solibel, no Crato
Por:
Jornalista Alana Soares
Em 12/06/2019 às 07:21

Morte natural: Monsenhor Ágio nos deixa aos 101 anos. (Foto: Rafael Pereira/Reprodução)

Compartilhar

Morreu na madrugada desta quarta-feira, 12, o Monsenhor Ágio Augusto Moreira, aos 101 anos, em Crato. Padre Ágio, como era popularmente conhecido, foi um personagem de destaque na história recente da região do Cariri  por seu trabalho na educação e cultura ao fundar a Sociedade Lírica do Belmonte (Solibel) e a Orquestra Polifônica do Crato.

Em abril, o Monsenhor havia sido internado em reduto hospitalar para se recuperar de uma pneumonia. Em seu leito, alunos e ex-alunos do Solibel e da Vila da Música estavam indo tocar música a seu pedido (clique para ler).

A Vila da Música, primeiro equipamento estatal de cultura no interior, inaugurado em março de 2017, representa a concretização e continuidade do trabalho iniciado pelo Padre com a Solibel, 45 anos atrás.

“Perda irreparável”, afirmou ao Miséria o atual secretário de Cultura do Crato, Wilton Dede, que anos atrás dirigiu um documentário sobre o Ágio e seus projetos, batizado de “Padre Azul”. Dede mesmo foi aluno do Padre quando garoto.

 

"Perda irreparável". Monsenhor Ágio, aos 101 anos. (Foto: Patrícia Mirelly)

 

“Padre Ágio foi o tipo de pessoa que, em vida, sua maior virtude foi acreditar no ser humano. Foi dessa forma que ele procurou redimir as pessoas e mostrar o caminho de vida, através da música. Ele deu sua vida para isso, para esta missão”, disse Dede, emocionado com a notícia. “Ele cumpriu sua missão”.

Durante a inauguração do equipamento, em 2017, o governador do Estado Camilo Santana e o secretário de Cultura Fabiano Piúba comemoraram as conquistas oferecidas pelo trabalho de Ágio.

“Cultura vem de cultivo. E há mais de 40 anos o Padre Ágio cultura gente, cultiva música, cultiva arte”, teria destacado o secretário, citando o poeta Ferreira Gullar: “A arte existe porque a vida só não basta”.

VELÓRIO

O corpo do Monsenhor será velado logo mais às 10h, na Vila da Música, no Belmonte. A missa de sepultamento está marcada para amanhã, às 16h, na Capela de Nossa Senhora das Graças, também no Belmonte, a ser realizada por Dom Gilberto. 

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Eleições 2020: Você acha que os pré-candidatos são muito antecipados em anunciar uma pré-candidatura ainda em 2019?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor