Polícia
Penha no Cariri
Pedreiro agride a mulher em Tarrafas e espanca a filha de sete meses
Por:
Repórter Demontier Tenório
Em 19/06/2019 às 18:00

Sítio Manga fica a uma curta distância de 1 Km para o centro de Tarrafas (Foto: Reprodução)

Compartilhar

Mais dois casos de violência doméstica foram registrados nas últimas horas nos municípios de Tarrafas e Lavras da Mangabeira na região do Cariri. O primeiro caso foi na tarde desta terça-feira no Sítio Manga na zona rural de Tarrafas, onde uma patrulha da PM prendeu o pedreiro Antônio Audik de Oliveira, de 53 anos. Ele agrediu sua companheira Ana Cândido de Araújo, de 29 anos, e a filha de apenas sete meses de idade. O mesmo foi autuado na Delegacia de Crato e recolhido à cadeia de Juazeiro.

Antes, na noite de segunda-feira, a polícia de Lavras da Mangabeira esteve na Rua Maria Zilda Gonçalves (Bairro Vila Bancaria) naquele município, onde prendeu Nilton Sousa Lima, de 47 anos. A companheira dele, Maria Lima da Silva, de 29 anos, disse que estava numa bebedeira com o mesmo quando surgiu uma discussão banal. Em meio ao conflito, a mesma foi agredida a socos e pntapés decidindo denunciá-lo o qual foi autuado para responder por crime contra a Lei Maria da Penha.

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Você se sentiu ofendido com o comentário de Bolsonaro sobre os governadores do nordeste?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor