Polícia
Crueldade no Cariri
Presa dupla que degolou mulher na frente do filho em Várzea Alegre e ainda matou seu sogro
Por:
Repórter Demontier Tenório
Em 15/07/2019 às 15:20

“Francisquim” e “Zé de Nonato” foram presos esta manhã em São Paulo (Foto: Divulgação)

Compartilhar

A polícia cumpriu mandados judiciais de prisões preventivas emanados da Comarca de Várzea Alegre recolhendo dois homens acusados de um duplo homicídio naquele município caririense. As prisões aconteceram por 06 horas da manhã desta segunda-feira no município Embu das Artes (SP) e Francisco Fernandes da Silva, o “Francisquim” e José Gonçalves de Oliveira, o “Zé de Nonato” serão trazidos para prestarem depoimentos em Várzea Alegre.

Eles são acusados de um duplo homicídio e mais um crime de lesão corporal. Na noite do dia 8 de fevereiro de 2015, no Sitio Fortuna (Distrito de Ibicatu) na zona rural de Várzea Alegre, mataram a tiros e facadas Antonio Maurício de Sousa, de 57, que morava naquela localidade, e sua nora Marcela Santos Silva, de 25 anos, a qual residia na Rua André Alves Costa no bairro Zezinho Costa. Esta última foi alvejada a tiros e degolada a golpes de facão na frente do filho de 3 anos.

Os crimes aconteceram dentro da casa de Antonio Maurício no Sítio Fortuna quando “Francisquim”, “Zé de Nonato” e mais Francisco Valmi de Oliveira - que permanece foragido - lesionaram ainda o marido de Marcela no caso Fernando de Lima Sousa, hoje com 28 anos de idade. Este saiu gravemente ferido, mas escapou no hospital e tudo aconteceu após confusão em um bar na localidade.
 
Segundo o escrivão da Delegacia de Polícia Civil de Várzea Alegre, Renato Pereira de Matos, o Setor de Investigação trabalha ininterruptamente desde a época do crime no sentido de localizar e prender os infratores. Após levantamento sobre o local onde os mesmos estavam refugiados, investigadores de Várzea Alegre recorreram ao paoio da Polícia Civil de Embu das Artes (SP), que montou a operação e cumpriu os mandados nesta segunda-feira.

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Vapt-Vupt de Juazeiro completa cinco anos e já atendeu 2,3 milhões de pessoas. Como você avalia o atendimento?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor