Polícia
Facebook
Polícia Civil descobre perfil falso em Iguatu e indicia quatro pessoas por difamar deputado
Por:
Jornalista Felipe Azevedo
Em 17/07/2019 às 10:00

Na campanha política para prefeito e vereador do ano de 2016, foi criado no Facebook um perfil falso de Francisco Pimenta (Foto: Reprodução)

Compartilhar

Na última segunda-feira (15), a equipe de investigações da Delegacia Regional de Polícia Civil de Iguatu, através da Divisão de Combate aos Crimes Cibernéticos, concluiu uma investigação de cerca de seis meses  e elucidou o caso de mais um perfil fake que atuava na cidade.

Na campanha política para prefeito e vereador do ano de 2016, foi criado no Facebook um perfil falso de Francisco Pimenta. De acordo com a polícia, o perfil costumava "difamar, caluniar e denegrir" a imagem do deputado estadual Agenor Neto, enquanto favorecia adversário políticos do parlamentar.

Aberto por três anos, o  perfil ficou bastante conhecido na cidade e alcançou cerca de 5 mil seguidores, com postagens de repercussão e alcance em Iguatu e região.

Foto dos acusados de manter perfil falso no Facebook (Foto: Reprodução)



A Polícia Civil já vinha monitorando a atuação há alguns meses e no início do ano de 2019 desencadeou uma série de ações para elucidar o caso. Com o apoio da Justiça da Comarca de Iguatu foi decretada a quebra do sigilo de dados do perfil e em seguida, com o apoio da Facebook, a equipe levantou informações básicas, como as datas e as horários exatos dos acessos ao perfil.

Após quase seis meses de investigações e análise de mais de 350 páginas de documentos e dados, os Investigadores concluíram que  Cícero Rodrigues Ferreira, 41, Aurileide Alves de Assis,41, Jossenir Alves de Assis, 34 e Vinícius Mendonça Assunção, 38, eram os autores das postagens no perfil falso.

Todos foram foram indiciados pelos crimes de calúnia, difamação e Injúria, e responderão pelos crimes cometidos perante a Justiça da Comarca de Iguatu. Segundo o apurado durante toda a investigação, a motivação das postagens está relacionada diretamente a fins políticos 

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Vapt-Vupt de Juazeiro completa cinco anos e já atendeu 2,3 milhões de pessoas. Como você avalia o atendimento?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor