Ceará
Desafio para a Polícia
Três modos de golpes pelo celular fazem vítimas diariamente no Ceará; conheça
Por:
Repórter João Boaventura Neto
Em 22/07/2019 às 08:30

Golpes pelo celular fazem vítimas diariamente no Ceará (Foto: Reprodução)

Compartilhar

Três golpes pelo celular estão em alta e fazem vítimas diariamente no Ceará, segundo o titular da Delegacia de Defraudações e Falsificações (DDF), da Polícia Civil, delegado Jaime de Paula Pessoa Linhares. Duas práticas criminosas se dão pelo aplicativo WhatsApp e a outra, pelo chip.

Um dos golpes é conhecido como "link fraudulento". O criminoso envia uma mensagem via WhatsApp, se passando principalmente por empresas, e prometem prêmios. Quando a vítima clica no link, é levada para um site, que solicita dados pessoais. Com as informações, o golpista comete outros crimes.

Foi assim que um estelionatário teve acesso ao WhatsApp de um deputado estadual do Ceará, Acrísio Sena (PT). O político teve a ajuda de amigos da área de Tecnologia da Informática (TI) para rastrear o criminoso.

Outro golpe que se concretiza pela mesma plataforma é o "roubo do WhatsApp". O golpista envia um SMS para a vítima e pede para que ele responda quais os caracteres que ela recebeu na mensagem. Com o número, o criminoso ativa o aplicativo no seu chip, resgata os contatos da conta e pede recursos emprestados aos números salvos no aplicativo.

Outra prática criminosa é conhecida como SIM Swap (que significa a troca do chip do celular). O criminoso coleta dados das vítimas através de vazamentos de dados pela Internet ou pela compra de informações de grupos criminosos e entra em contato com a operadora telefônica, passando-se pela vítima, para que cancelar o chip e resgatar o número.

Com isso, o telefone da vítima perde a conexão (voz e dados) e o fraudador recebe todos os SMS e chamadas de voz destinados à vítima, que são utilizados com a finalidade de obter vantagens financeiras.

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Vapt-Vupt de Juazeiro completa cinco anos e já atendeu 2,3 milhões de pessoas. Como você avalia o atendimento?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor