Esporte
Trunfo
Rivais na Libertadores: Guerrero já foi alvo recente de Jorge Jesus
Peruano é o principal trunfo do Internacional, adversário do Flamengo do treinador português pelas quartas da Libertadores. Reencontro com o Maracanã será nesta quarta
Em 21/08/2019 às 15:00

Alerta ligado! Jesus irá se deparar com um jogador que admira nesta quarta, no Maracanã (Foto: Reprodução/ Terra)

Compartilhar

Não há dúvida. Paolo Guerrero é quem mais causa dores de cabeça a Jorge Jesus e companhia para o confronto pela quartas de final da Libertadores, cujo duelo de ida ocorre nesta quarta-feira, às 21h30 (de Brasília), no Maracanã. A estrela do Internacional retorna ao Rio para encarar o Flamengo, seu ex-clube.

E há uma curiosidade envolvendo Guerrero e Jesus. No fim de junho de 2018, o português, então no Al Hilal, da Arábia Saudita, indicou a contratação do peruano, que havia acabado de se despedir da Copa do Mundo (na primeira fase) e estava em reta final de vínculo com o Fla - o adeus se deu em agosto.

- Sabemos que o Guerrero é um ótimo ponta de lança (centroavante). Já conheço bem. Quase consegui levá-lo ano passado para a Arábia Saudita. Quando enfrentar o Internacional, que é candidato ao título e tem uma das melhores equipes do Brasil, vamos tentar ser melhor do que eles - comentou Jesus, logo após a classificação sobre o Emelec, nas oitavas.

Às vésperas de encontrá-lo como adversário, Jesus precisa costurar a sua estratégia tendo em mente os recursos técnicos de Guerrero do outro lado, escolhido pelo atleta há um ano. O goleador, que estreou somente este ano pelo Internacional, acumula ótimos números (11 gols em 19 jogos).

SEGUNDO EMBATE CONTRA O FLAMENGO

Cabe destacar que Guerrero reencontra o Flamengo pela segunda vez após deixar o clube da Gávea. Na primeira, em maio deste ano, o camisa 9 marcou um gol na vitória por 2 a 1, pelo Campeonato Brasileiro e em Porto Alegre.

RETORNO AO MARACANÃ

No Maracanã, somando as duas pela seleção peruana, são 13 bolas na rede em 33 partidas - dez pelo Fla e uma com a camisa do Corinthians. Por falar no estádio, será a primeira vez que ele retorna ao maior palco do futebol carioca depois da final da Copa América, quando o Brasil sagrou-se campeão, e como jogador do Colorado - contra o Fluminense, em agosto, ficou apenas no banco.

A aguardar como os rubro-negros recepcionarão o seu antigo xodó.

Terra

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Você sabe o que significa ou escuta podcasts?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor