Polícia
Crueldade
Com dois presos, polícia de Várzea Alegre procura outro que degolou mulher
Por:
Repórter Demontier Tenório
Em 12/09/2019 às 07:00

“Valmi” é mais um dos envolvidos no duplo homicídio registrado em Várzea Alegre (Foto: Reprodução/Redes Sociais)

Compartilhar

Dois homens acusados de degolarem mulher na frente do filho em Várzea Alegre e ainda matarem o sogro dela já foram presos e a polícia investiga o paradeiro do terceiro envolvido nos crimes. Trata-se de Francisco Valmi Gonçalves de Oliveira, de 44 anos, que está foragido desde a data em que tudo aconteceu na noite do dia 8 de fevereiro de 2015, no Sitio Fortuna (Distrito de Ibicatu) na zona rural de Várzea Alegre.

No último dia 15 de julho foram cumpridos mandados de prisões preventivas expedidos pela Comarca de Várzea Alegre no município Embu das Artes (SP). Naquela data foram presos Francisco Fernandes da Silva, de 41, o “Francisquim” e José Gonçalves de Oliveira, de 42 anos, o “Zé de Nonato”. O trio é acusado de um duplo homicídio e mais um crime de lesão corporal.

Eles mataram a tiros e facadas Antonio Maurício de Sousa, de 57, que morava naquela localidade, e sua nora Marcela Santos Silva, de 25 anos, a qual residia na Rua André Alves no bairro Zezinho Costa. Esta última foi alvejada a tiros e degolada a golpes de facão na frente do filho de 3 anos. Os crimes aconteceram dentro da casa de Antonio no Sítio Fortuna.

Na oportunidade, “Francisquim”, “Zé de Nonato” e Valmi lesionaram ainda o marido de Marcela no caso Fernando de Lima Sousa, hoje com 28 anos, após confusão em um bar da localidade. Nas prisões dos dois primeiros, investigadores da Delegacia de Polícia Civil de Várzea Alegre recorreram ao apoio da Polícia Civil de Embu das Artes montando a operação para cumprir os mandados judiciais.

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Você sabe o que significa ou escuta podcasts?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor