Polícia
Seis anos depois
Condenado em Juazeiro homem que matou garçom a facada numa churrascaria
Por:
Repórter Demontier Tenório
Em 09/10/2019 às 06:40

Robério trabalhava como garçom e morreu no HRC momentos após ser esfaqueado na churrascaria (Foto: Reprodução/Redes sociais)

Compartilhar

O réu David Jordan de Brito Araújo, de 32 anos, foi condenado pelo Conselho de Sentença do Tribunal do Juri de Juazeiro do Norte a uma pena de 17 anos de prisão. Na noite do dia 4 de julho de 2013 ele lesionou com uma facada no tórax o garçom Robério dos Santos Bezerra Lima, então com 32 anos. A vítima morreu na madrugada do dia seguinte num dos leitos do Hospital Regional do Cariri (HRC) para onde foi socorrido às pressas.

O crime aconteceu no interior da Churrascaria Bom Paladar, que funcionava na Avenida Padre Cícero (São José) em Juazeiro e onde o acusado já tinha trabalhado como jardineiro. Ele está preso desde março do ano passado e o seu advogado de defesa, Raimundo Nonato de Medeiros Filho, ainda tentou desqualificar o crime para homicídio simples, mas a tese não foi aceita pelo Conselho de Sentença.

A vítima morava na Rua Padre Ourives (Santa Tereza) em Juazeiro e estava trabalhando no estabelecimento quando foi surpreendido com a facada. Robério foi socorrido por populares e em estado grave ao hospital, mas não resistiu à gravidade do ferimento. Após o crime, David fugiu por um matagal ao lado da churrascaria na qual também trabalhava a esposa da vítima com quem o garçom teve dois filhos.

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Você já tentou subornar guardas de trânsito durante blitz?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor