Domingo
26 de Março de 2017
Publicidade
Publicidade
Domingo, 26 de Março de 2017
Publicidade
Publicidade
Polícia
Mauriti-CE: Polícia apreende 17 armas furtadas do fórum e prende 16 pessoas
(Foto: Divulgação)
Em 16/03/2011 às 10:30

Por Demontier Tenório
 

Digitador, motorista, vigilante, comerciantes, agricultores e até um agente carcerário foram presos nesta terça-feira em uma operação gigante que reuniu oito delegados de Polícia Civil e mais 17 militares sob o comando do Major Sobreira. O trabalho começou por volta das 6 horas, em Mauriti, e só terminou no início da noite após a polícia percorrer vários bairros e algumas localidades da zona rural cumprindo Mandados de Busca e Apreensão para recuperar 16 armas furtadas do fórum daquela cidade.

O primeiro a ser preso foi o digitador José Elder Feitosa Junior, de 26 anos, o Junior da Funerária, residente na Rua 04, número 79 (Bairro Populares) acusado de furtar as 16 armas do fórum. Depois, Kezio Kardec Diogo de Lima, de 26 anos, foi recolhido em sua casa na Rua da Independência, 211 (Bairro Dom Bosco) com um revolver calibre 38, três máquinas caça-níqueis e nove pássaros em gaiolas.

Com João Pereira da Silva, de 36 anos, o João Panasco, residente na Avenida Teles Cartaxo (Bairro Bela Vista), a polícia apreendeu um revolver calibre 38 e três motos, sendo uma Honda XRE 300 de cor preta, ano 2010, sem placa, outra NXR 150 Bross vermelha, ano 2009 de placa NQQ-5899, inscrição do Ceará, e mais uma CG 150 Titan de cor preta, ano 2006, de placa HDX-2017, inscrição de Minas Gerais.

Foto: Divulgação



Deuzimar Pereira Gonzaga, de 55 anos, o Deuzim Cigano, residente na Rua 02 (Bairro Bela Vista), estava com um revólver calibre 38, enquanto o agente carcerário José Orlando Leite Araruna, de 40 anos, residente na Rua Maria Raimunda da Silva, 219 daquele bairro estava com um revolver calibre 38 e Mayk Pimenta da Nóbrega, de 18 anos, residente na Rua José Teodorico Leite, 17 (Serrinha) em Mauriti, mantinha outro revolver calibre 38 igualmente com a numeração raspada.

O comerciante Francisco Pereira Martins, de 64 anos, residente na Rua Padre Maranhão, 478 (Centro), também foi preso com um revolver calibre 38, a exemplo do agricultor Antonio Alves dos Santos, de 28 anos, residente na Vila Senhora Santana em Mauriti com uma pistola calibre 380 e carregador com capacidade para 13 cartuchos. Rodolfo Tavares Lúcio, de 24 anos, residente na Rua Capitão Miguel Dantas, 728 (Centro) também tinha um revolver calibre 38.

Foto: Divulgação


Francisco Pereira da Silva Filho, de 36 anos, o Bilu, residente no Bairro Barrozao de Mauriti, não tinha armas mesmo acusado de ter receptado duas do fórum de Mauriti, mas a polícia recolheu uma moto Honda CG 125 Titan de cor vermelha que estava sem placa. Com o agricultor Antonio Bezerra de Andrade, de 31 anos, o Tonho das Bananas, residente no Distrito Santo Antonio dos Felipes na zona rural de Mauriti, foi apreendido um revolver calibre 38.

O mesmo guardava consigo o comerciante Raimundo Mangueira de Melo, de 41 anos, residente na Rua 04, número 2, (Bela Vista) a exemplo do vigilante Antonio Lacerda Braga, de 36 anos, residente na Rua 4 número 239, (Bairro Populares). Já o motorista Augusto Brilhante Tavares, de 22 anos, residente na Rua Adauto Leite, 183 (Serrinha) em Mauriti, ostentava um revólver calibre 38 pertencente à Polícia Militar e uma pistola PT. 58 S calibre 380 ACP com um carregador.

Outra pessoa presa com um revólver calibre 38 foi Emílio Alexandro de Oliveira, de 31 anos, residente na Rua Antonio Marques (Bela Vista). Todavia, Otaciano Monteiro Santos Jr., de 20 anos, residente na Rua 01 (Novo Mauriti) estava com dois revólveres calibre 32. Na casa de José Cleonildo Alves de Lacerda na Rua Padre Argemiro, 688 (Centro) foi apreendido um revolver calibre 32. Ele fugiu quando soube da "varredura" da polícia.

Foto: Divulgação


Para você leitor do Miséria não perder seu tempo contabilizando, foram apreendidas duas pistolas calibres 380, além de 12 revólveres calibre 38 e dois calibre 32. Nessas armas, a polícia apreendeu um total de 40 cartuchos intactos. A arma da Polícia Militar que foi apreendida com Augusto Brilhante fazia parte de um procedimento no fórum. Todos os envolvidos e as armas foram conduzidos para a Delegacia de Polícia Civil de Mauriti.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira