Quinta-feira
21 de Junho de 2018
Publicidade
Publicidade
Quinta-feira, 21 de Junho de 2018
Publicidade
Publicidade
Artistas populares

Aurora participa do Programa Mestres de Cultura do Ceará com dois candidatos

Em 20/09/2017 às 14:25
Compartilhar
(Foto: Edson Moreira)

Este ano o município de Aurora participa com dois candidatos dentro do Programa Mestre da cultura do Ceará com dois dos seus consagrados artistas populares. Trata-se do Sr. Chico Caboclo representando o grupo de Penitentes e o poeta-violeiro Cícero Saraiva do sítio Coxá no gênero poesia popular.

Para o grupo caso seja escolhido a secretaria de Cultura do Estado bonificará com uma quantia em dinheiro que os integrantes do grupo escolheram como será revertido em benefício do próprio grupo de penitentes. Quanto ao mestre, caso o de Aurora seja escolhido, o artista passará a receber de modo vitalício uma ajuda de custo no valor de um salário mínimo mensal.

Aurora já possui um mestre de cultura o Sr. Antonio Pinto Fernandes (93 anos) na categoria rabequeiro. Todo os requisitos exigidos nos editais da Secult-CE foram feitos pela secretaria de cultura local além de um portifólio com imagens, dados biográficos, justificativas do projeto e vídeos contendo as apresentações de ambos os candidatos.

Mesmo sabendo que a disputa não é fácil visto que participam diversos outros artistas de todo o Estrado, o secretario José Cícero se diz esperançoso nas candidaturas dos talentos de Aurora, notadamente, pelo peso que tem tanto as tradições dos Penitentes quanto na poesia popular.

No início de outubro a Secult-CE fará o anuncio oficial dos 12 novos mestres de cultura escolhidos em vários gêneros do saber artístico tradicional, assim como os grupos selecionados. De toda forma, enfatizou o secretário, o Ceará ficará sabendo ainda mais das nossas potencialidades socioculturais. Onde houver espaço Aurora se fará presente porque sua riqueza cultural precisa ser mostrada para o mundo, disse.

Já o secretário da Cultura do Estado, Fabiano Santos Piúba ressaltou a importância do aumento do número de Mestres da Cultura reconhecidos pelo Estado. “Essa lei implica que possamos realizar, através de editais, a ampliação do número ainda este ano. estamos reconhecendo os saberes e fazeres tradicionais dos nossos mestres",ressaltou.

O programa Mestres da Cultura

A valorização da cultura popular tradicional. Os mestres são reconhecidos como difusores de tradições, da história e da identidade, atuando no repasse de seus saberes e experiências às novas gerações. Eles são selecionados pela Coordenadoria de Patrimônio Histórico, Artístico e Cultural da Secult e passam a contar com reconhecimento institucional e recebem um subsídio no valor de um salário mínimo mensal, como auxílio para a manutenção de suas atividades e para a transmissão de seus saberes e fazeres.

O programa Mestres da Cultura se tornou um referencial do Ceará para o Brasil, recebendo, à época de sua criação, prêmio do Ministério da Cultura, pela qualidade e pelos efeitos da iniciativa.

Assessoria de Comunicação

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira