Terça-feira
23 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Terça-feira, 23 de Janeiro de 2018
Publicidade
Publicidade
Água na torneira
Cagece informa melhorias no abastecimento de água de Juazeiro do Norte
Cagece informa melhorias no abastecimento de água de Juazeiro do Norte (Foto: Agência Miséria)
Em 03/01/2018 às 10:35

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
 

A Companhia de Água e Esgoto do Ceará (Cagece) informa que concluiu mais uma obra de melhoria no abastecimento de água em Juazeiro do Norte. De acordo com a empresa, foram  investidos cerca de R$ 194,4 mil para a ativação de um poço que abastece os bairros Betolândia, Parque Brasília, Blandina Sobreira, Profa. Geli de Sá Barreto e Conjunto Habitacional Manoel Santana, beneficiando aproximadamente 8.000 pessoas nas localidades.

"Além da ativação do poço, a Cagece também instalou 1.400 metros de rede de distribuição de água, proporcionando aumento da vazão, melhoria na pressão e distribuição da água nos bairros", diz o comunicado à imprensa.

De acordo com o coordenador de operação industrial da Cagece em Juazeiro, Renato Silva, a companhia tem trabalhado para ampliar as melhorias de abastecimento para os bairros em expansão: "a Cagece tem buscado melhorar o abastecimento dos bairros em expansão da cidade com ações de incremento real no abastecimento e que proporcione a nossos clientes um atendimento de qualidade na prestação de serviços, contribuindo, desta forma, com a qualidade de vida das famílias juazeirenses", destaca.

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
A reprodução total ou parcial de qualquer conteúdo (textos, imagens, infográficos, arquivos em flash, etc) do portal só é permitida com o devido crédito da fonte e, caso não se configure, poderá ser objeto de denúncia tanto nos mecanismos de busca quanto na esfera judicial. Se você possui um blog ou site e deseja estabelecer uma parceria para reproduzir nosso conteúdo, clique aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira