Segunda-feira
28 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Segunda-feira, 28 de Maio de 2018
Publicidade
Publicidade
Segurança

´Operação Carnaval 2018´ tem reforço de 6.203 policiais

Em 08/02/2018 às 07:00
Compartilhar
Patrulhas do Batalhão de Polícia Rodoviária farão blitz nas rodovias estaduais (Foto: Reprodução/ Diário do Nordeste)

Para garantir a segurança dos foliões que irão aproveitar festas e praias do Interior do Ceará durante o Carnaval, além dos que optaram por celebrar a data em Fortaleza, o Governo do Estado divulgou, ontem, o reforço no trabalho das forças de segurança. Cerca de 6.200 agentes irão compor as equipes de apoio.

De acordo com a Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), a ‘Operação Carnaval 2018’ tem início as 18h de amanhã e se estenderá até às 6h da Quarta-feira de Cinzas (14). O efetivo será composto por 4.944 policiais militares, 285 policiais civis, 596 bombeiros militares, 63 servidores da Perícia Forense do Estado do Ceará (Pefoce), 65 servidores da Coordenadoria da Pasta e 250 agentes do Departamento Estadual de Trânsito (Detran).

As equipes em solo, mar e ar atuarão, segundo a Pasta, 24 horas por dia. Comparada à ação de 2017, quando foram designados 3.140 homens para o reforço da segurança durante o feriado, neste ano, haverá aumento de cerca de, 90% no efetivo. O maior acréscimo é o da Polícia Militar, no ano passado haviam sido destinados 2.103 PMs.

O titular da SSPDS, André Costa, afirmou que o aumento do efetivo militar para a operação será proporcionado, porque, em 2017, foram formados 2.600 servidores. O secretário acrescentou que o incremento no número estava previsto antes dos últimos grandes ataques das facções criminosas, registrados nas últimas semanas.

“Conseguimos aumentar o policiamento ostensivo em Fortaleza e nas cidades do Interior que pediram uma atenção especial. Todas essas informações sobre ataques de facções que circulam estão sendo investigadas. O trabalho da Polícia Civil não para. Em todo este período também teremos nosso Comando de Controle funcionando a todo vapor”, disse o secretário.

O plano operacional determina que os agentes de Segurança Pública estejam presentes em todas as 22 Áreas Integradas de Segurança (AIS) do Ceará. A Secretaria afirma que não haverá alteração do efetivo ordinário na Capital em decorrência das movimentações dos policiais para outros municípios.

Os recursos empregados, efetivo e a abrangência territorial fazem a ‘Operação Carnaval 2018’ ser considerada pelo Governo como a maior operação da Segurança Pública do Estado do Ceará. A expectativa do secretário é que este feriado seja mais seguro e marcado pela diversão dos cearenses e turistas.

Complemento

Devido ao aumento no número de festas em cidades do Interior, as delegacias de diferentes regiões também devem ser reforçadas. Segundo a SSPDS, os equipamentos da Polícia Civil de Aracati, Baturité, Beberibe, Camocim, Cascavel, Fortaleza, Guaramiranga, Jijoca de Jericoacoara, Paracuru e São Benedito receberão auxílio.

Ao longo deste feriado prolongado, as delegacias de Guaramiranga, Camocim e São Benedito passam a ser plantonistas. André Costa lembra que o funcionamento 24 horas no período é importante para receber a demanda da população e ocorrências vindas da Polícia Militar.

O delegado geral Everardo Lima ressalta que, já nos dias que antecedem a festa, foram intensificadas as investigações acerca dos grupos criminosos atuantes no Interior. Conforme Lima, de ontem até amanhã, a Polícia Civil realiza seis grandes operações no Estado.

“O trabalho feito durante os festejos é importante, mas não descuidamos do trabalho que antecede essa data. Até sexta vamos realizar seis operações no Ceará. A primeira operação foi em Coreaú, com 15 presos. Queremos garantir a segurança dos foliões. Com muito trabalho, vamos chegar ao fim do Carnaval com sucesso obtido e o menor número de homicídios possível”, afirmou o delegado geral.

Vigilância

O esquema de segurança nas estradas estaduais também foi apresentado pela SSPDS durante a coletiva. Nas CEs estarão distribuídos 466 policiais militares lotados no Batalhão de Polícia Rodoviária Estadual (BPRe). A programação é que, a cada dia do Carnaval 2018, o efetivo da corporação trabalhe distribuído em 25 pontos fixos, 65 postos avançados, 48 motos, 20 guinchos e 46 viaturas.

A SSPDS afirma que as estradas do Ceará serão monitoradas 24 por dia com apoio da Central de Monitoramento da Coordenadoria Integrada de Operações de Segurança (Ciops), em Fortaleza. O sistema de leitura de placas de veículos estará em funcionamento em diversos municípios para localizar veículos com restrição de roubo e furto.

Segundo o tenente-coronel do BPRe, Ronaldo Silva, em todos os 90 postos de fiscalização existirão etilômetro. Silva lembra que os condutores que estejam sob efeito de bebida alcoólica, não podem dirigir. O alerta é reiterado pelo coronel Carlos Viana, comandante geral adjunto do Corpo de Bombeiros Militar do Ceará, cuja atenção, neste período, deve estar voltada para a prevenção de afogamentos.

Viana acrescenta que a atuação dos bombeiros será nos municípios litorâneos, nas localidades do Interior com açudes e regiões com previsão de aglomeração de pessoas. Nas praias, guarda-vidas distribuirão pulseiras com identificações para evitar que crianças se percam.

“A gente pede que os maiores guarda-vidas de cada criança sejam os pais delas. Nas casas com piscinas, atenção sempre. Se for tomar banho, manter a água na cintura. Todos nós, cada um na sua área específica de atuação, estamos preparados para fazer deste um evento tranquilo”, ponderou o comandante do Corpo de Bombeiros Militar.

Diário do Nordeste

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira