Entretenimento
Premiação
Camila Cabello leva artista do ano e supera Beyoncé no VMA
Compartilhar

Camila Cabello posa com prêmios do VMA em Nova York (Foto: Reprodução/ Terra)

Em 21/08/2018 às 12:00
Publicidade

A cantora de origem cubana Camila Cabello derrotou grandes nomes como Beyoncé, Bruno Mars e Drake, levando para casa os dois principais prêmios do MTV Video Music Awards (VMA) na segunda-feira.

A cantora de 21 anos venceu os prêmios de artista e vídeo do ano pelo sucesso latino Havana, enquanto a rapper Cardi B foi eleita a melhor nova artista e levou o prêmio de música do verão pelo hit dançante I Like It, parceria com J Balvin e Bad Bunny.

Publicidade


"Não acredito que isto é para mim", disse Camila, que deixou o grupo Fifth Harmony no final de 2016 para lançar sua carreira solo.

A rapper novaiorquina Cardi B, de 25 anos, fez sua primeira aparição pública desde que deu à luz em julho, indicada a 10 prêmios.

Publicidade


"Alguns meses atrás as pessoas estavam dizendo ´você está arriscando sua carreira tendo um filho´", disse. "Tive um filho... e agora continuo ganhando prêmios".

O maior vencedor da noite foi Childish Gambino, nome artístico musical do ator Donald Glover, que levou três estatuetas por This Is America, vídeo contundente sobre a identidade negra e a brutalidade policial.

Mas, a maioria dos troféus foram para categorias técnicas, como coreografia e direção.

"APES**T", vídeo muito comentado de Beyoncé e Jay-Z que foi gravado dentro do Louvre, em Paris, tendo como pano de fundo algumas das obras de arte mais famosas do mundo, só venceu duas de suas oito indicações.

O rapper canadense Drake, um dos artistas mais populares em termos de venda e streaming, saiu de mãos vazias, assim como Bruno Mars, vencedor de vários prêmios Grammy.

Mars, Drake, Gambino, Beyoncé e Jay-Z não compareceram à premiação na cidade de Nova York, que teve apresentações de Ariana Grande --vencedora do prêmio de melhor vídeo pop por No Tears Left to Cry--, Nicki Minaj, Aerosmith, Shawn Mendes e Travis Scott.

Jennifer Lopez fez a plateia dançar com um medley de seus maiores sucessos ao receber o prêmio anual Vanguard, nomeado em homenagem a Michael Jackson, por seus 20 anos na indústria do entretenimento.

Entretanto, uma homenagem planejada para Aretha Franklin após sua morte na semana passada se limitou a um discurso de Madonna e um vídeo curto do início de sua carreira.

Terra


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você ainda usa telefone fixo em casa?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor