Segunda-feira
24 de Setembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Segunda-feira, 24 de Setembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Fake news

Programa Silvio Santos foi alterado para simular apoio a Bolsonaro

Em 23/08/2018 às 14:00
Compartilhar
Programa Silvio Santos foi alterado para simular apoio a Bolsonaro (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

É falso um vídeo do Programa Silvio Santos, do SBT, em que o apresentador e dono da emissora parece mostrar apoio ao presidenciável Jair Bolsonaro, do PSL. Como verificado pelo projeto Comprova, coalizão de 24 organizações de mídia brasileiras, dentre elas a Folha de S.Paulo, que visa identificar, checar e combater rumores, manipulações e notícias falsas sobre as eleições de 2018, o video alterado digitalmente, que circula pelas redes sociais sem contexto, foi criado por um canal no YouTube que faz sátiras.

O programa realmente foi ao ar e uma pessoa da plateia citou o nome de Bolsonaro. A edição do vídeo, no entanto, corta a pergunta feita pelo apresentador e altera as dicas apresentadas no quadro Jogo das 3 Pistas. O primeiro registro do vídeo nas redes sociais é de outubro de 2017. Ele voltou a circular em grupos de WhatsApp e teve viralização em páginas de Facebook em agosto de 2018.

A montagem faz parecer que Silvio Santos está usando seu programa para favorecer o candidato, o que não ocorreu. O perfil oficial do SBT no YouTube publicou a íntegra do Programa Silvio Santos, que foi ao ar em 15/10/2017. No jogo, Silvio Santos dá até três pistas para que outros apresentadores descubram quem é o personagem. Se eles erram, é a vez da plateia tentar adivinhar -quem acerta ganha um valor em dinheiro. No programa original, as três dicas eram: "Foi do exército", "Mudou o regime" e "15 de novembro". A primeira pessoa da plateia que tentou adivinhar, uma mulher chamada Gabrielly, começa a responder dizendo que não tem certeza, mas palpita "Jair Messias Bolsonaro", e já emenda um comentário dizendo que errou a resposta. Silvio Santos na hora questiona se ela "estava lá para fazer propaganda ou se era do comitê do deputado federal". A segunda pessoa acerta a resposta: "Marechal Deodoro da Fonseca".

As primeiras montagens desse conteúdo começaram a circular logo após o programa ir ao ar. As páginas oficiais de Jair Bolsonaro no Facebook e Twitter compartilharam um trecho do programa, em que aparece a menção feita a ele, no dia 16/10. Depois, a partir do dia 17/10, começaram a aparecer, no YouTube, as primeiras montagens com edição nas dicas que apareciam na tela. Nesse caso, as pistas foram alteradas e aparecem as opções: "Próximo presidente", "Vai salvar o Brasil" e "Não é corrupto". Recentemente, em agosto de 2018, o conteúdo voltou a viralizar em páginas de Facebook que declaram apoio ao presidenciável do PSL. A montagem já foi verificada pelo Teleguiado, ainda em 2017. O e-farsas também verificou a montagem em outra postagem que desmentia um boato relacionado a um programa de Silvio Santos.

MANUAL PARA NÃO PROPAGAR FAKE NEWS

Busque a fonte original;

Faça uma busca na internet: muitos casos já foram desmentidos;

Cheque a data: a "novidade" pode ser antiga;

Leia a notícia inteira;

Cheque o histórico de quem publicou;

Se a notícia não tem fonte, não repasse.

NoticiasaoMiinuto

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
TJ Seguros
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira