Brasil
Investigação
Morte de Marielle está ligada à sua atuação política, diz delegado
Compartilhar

Declaração foi dada por Fábio Cardoso, diretor da Divisão de Homicídios, nesta segunda-feira (27) (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

Em 27/08/2018 às 14:05
Publicidade

Já está bem claro que o crime da Marielle está envolvido com a sua atuação política”, afirmou, nesta segunda-feira (27), o delegado Fábio Cardoso, diretor da Divisão de Homicídios.

Ele disse que houve avanços nas investigações sobre os assassinatos da vereadora do PSOL e de seu motorista Anderson Gomes, a tiros, dentro de um carro, no dia 14 de março, na região central do Rio.

Publicidade


O delegado participa, segundo informações do portal G1, do evento “O Parlamento sem Marielle”, na Escola de Magistratura, na capital fluminense.

Nos últimos dias, o ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, já havia dado declaração no mesmo tom. O deputado Marcelo Freixo, companheiro de partido de Marielle, também já tinha cogitado o envolvimento dos ex-deputados do MDB Jorge Picciani, Edson Albertassi e Paulo Melo no caso.

Publicidade


Fábio Cardoso, no entanto, não deu prazo para o término do inquérito.

NoticiasaoMinuto


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você é a favor da criminalização da homofobia no Brasil?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor