Esporte
Brasileirão
São Paulo busca alternativas em 1º desafio sem Nenê pós-arrancada
Compartilhar

Suspenso com três cartões amarelos, o camisa 10 não poderá entrar em campo diante do Fluminense (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

Em 31/08/2018 às 09:40
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE

O São Paulo conseguiu chegar à liderança do Campeonato Brasileiro e se consolidar na posição após a parada da Copa do Mundo graças a Nenê. Na arrancada, o meia se mostrou um líder técnico em campo, com gols e assistências.

Suspenso com três cartões amarelos, o camisa 10 não poderá entrar em campo diante do Fluminense, no próximo domingo, no Morumbi. E o técnico Diego Aguirre terá de buscar soluções para minimizar a ausência de um dos protagonistas do São Paulo.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE


A tarefa não é fácil. Na última partida sem Nenê, antes do Mundial da Rússia, o São Paulo encontrou dificuldades na criação. Foi contra o Inter, em jogo válido pela 10ª rodada. Naquela ocasião, Lucas Fernandes não conseguiu manter o nível das atuações do titular. Sem criatividade, a equipe de Aguirre empatou sem gols com os gaúchos.

A tendência é que o treinador uruguaio volte a optar por um meio-campista com características similares às de Nenê. Se isso acontecer, Shaylon ocupará a vaga no time titular, com Lucas Fernandes como opção - depois da atuação contra o Inter, o jovem meia, candidato à sombra de Nenê no começo do ano, perdeu espaço no elenco.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE


Shaylon, por sua vez, vive uma fase oposta, embora ainda tenha certa resistência de parte da torcida. O meia substituiu Nenê na partida contra a Chapecoense e foi decisivo na vitória por 2 a 0 ao marcar o primeiro gol logo no começo da partida. Na etapa final, Shaylon deu lugar a Nenê, que participou do início da jogada do segundo gol.

Aguirre ainda pode voltar ao esquema com três volantes, algo colocado em prática no começo do seu trabalho à frente do São Paulo, quando Petros ainda estava no elenco são-paulino. Essa escolha é improvável, já que Jucilei também está suspenso do jogo e Hudson ainda é dúvida para o duelo.

Uma outra opção é escalar Diego Souza e Gonzalo Carneiro juntos, com ambos fazendo um revezamento na criação do time são-paulino. Vale lembrar que o São Paulo também não poderá contar com Everton, que deve ficar até três semanas fora do time devido a uma lesão muscular na coxa esquerda.

No confronto com o Ceará, Aguirre optou por escalar o lateral Bruno Peres mais avançado, com Régis pelo lado direito da linha defensiva. A estratégia deu certo: Peres fez o gol da vitória no Morumbi.

O São Paulo soma 45 pontos no Brasileiro, 22 pontos conquistados após a parada da Copa, em nove jogos - o aproveitamento é de 81,5%. O time paulista está três pontos à frente do Inter, o segundo colocado.

NoticiasaoMinuto


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Qual rede social você mais usa?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor