Brasil
Descoberta
Cemitério indígena de 500 anos é encontrado na Amazônia
Compartilhar

Descoberta chamou a atenção dos arqueólogos pela forma como foi encontrada (Foto: Reprodução/ Notícias ao Minuto)

Em 31/08/2018 às 10:40
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um cemitério indígena intocado foi encontrado na Amazônia por arqueólogos do Instituto Mamirauá. Ao todo, foram escavadas nove urnas funerárias da chamada Tradição Polícroma - conjunto de cerâmicas da pré-história sul-americana.

"Urnas funerárias como as que foram encontradas são comuns pela Amazônia brasileira e nas partes amazônicas de países como Peru e Equador", afirma Eduardo Kazuo Tamanaha, arqueólogo do Instituto Mamirauá.

TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
"Mas os pesquisadores costumam recebê-las da mão de moradores do local, que de fato encontram os artefatos e os retiram da terra. Agora, escavar e encontrar uma cova com as urnas dessa cultura, do jeito que estavam, e realizar todo o registro científico, é algo inédito", completa.

Os pesquisadores descobriram o cemitério em julho na comunidade Tauary. De acordo com o UOL, as urnas estavam enterradas a uma profundidade de 40 centímetros da superfície. A descoberta chamou a atenção dos cientistas pela forma como foi encontrada.
TEM MAIS DEPOIS DA PUBLICIDADE
"As urnas funerárias têm rostos desenhados, o interessante é que nenhum desses rostos estava ´olhando´ para outro. Se uma urna foi enterrada com o rosto para cima, a urna ao lado dela estava ´olhando´ para baixo, e a seguinte estava enterrada de lado. É como se elas não quisessem olhar uma para a outra. As urnas seguiam uma ordem, claramente elas foram enterradas daquele jeito e foi intencional", comentou Tamanaha.

NoticiasaoMinuto


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria

Enquete
Na sua opinião, qual deputado com raízes no Cariri está se saindo melhor?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor