Sábado
17 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Sábado, 17 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Repercutiu

Incêndio na Casa Museu Padre Cícero é falso; Artista cria "fake news" para alertar descaso

Por Alana Soares/Agência Miséria
Em 10/09/2018 às 11:10
Compartilhar
Notícia falsa era, na verdade, um manifesto artístico exigindo atenção ao equipamento (Foto: Reprodução)

Fortes imagens de um suposto incêndio na Casa Museu do Padre Cícero foram compartilhadas na madrugada desta segunda-feira, 10, causando pavor entre os fiéis do Padre e historiadores.

No entanto, a publicação é uma fake news (notícia falsa ou fraudulenta) criada por um artista local, visando chamar a atenção para as condições infraestruturais e manutenção do prédio que abriga centenas de pertences da vida do Padre Cícero e outros objetos históricos de Juazeiro do Norte.

Em menos de 10 horas, a publicação alarmista foi excluída do perfil do artista, o que não evitou que páginas de notícias e outros perfis compartilhassem a história.



A motivação seria o recente incêndio que destruiu o Museu Nacional, no Rio de Janeiro, causando uma perda imensurável para a história, cultura e patrimônio mundial. Em todo o país, uma comoção com a perda e preocupação com outros equipamentos que guardam a memória e história se espalharam.   

  

"A postagem apresenta uma situação fictícia, mas que infelizmente pode acontecer. A mesma postagem esclarece o intuito que é conscientizar as pessoas para o tesouro que possuímos", explica o artista. 

 

"Não desejo que isto venha a acontecer em Juazeiro, por isso minha preocupação. O que mais quero é preservar a memória de Juazeiro e de Padre Cícero", afirmou.

 

A reportagem do Miséria entrou em contato com a Fundação Salesianos e funcionários da Casa Museu, que negou qualquer incidente ou participação nesta atitude.

A Fundação afirma ter uma equipe de manutenção voltada para os prédios que atualmente administra: Casa Museu, Escola Salesianos, Igreja Salesianos, Horto e Rádio Padre Cícero.

Imagens foram editadas para se assemelharem a um incêndio (Foto: Reprodução)


LEIA TRECHO DA PUBLICAÇÃO:

"Caso você tenha lido este texto até aqui, saberá que esta notícia é fake. Estas fotos foram montadas e as informações do texto criadas. É um manifesto artístico que serve de alerta. O museu continua lá, mas o pior é que apresenta todos estes problemas acima citados: Falta de manutenção, descaso para com os objetos pessoais do Pe Cícero que levam luz do Sol todos os dias, mofam em épocas chuvosas, tem fiação antiga e exposta, sem saídas de emergência ou quaisquer placas de sinalização adequadas. Infiltrações em quase todos os cômodos, não há sala de reserva técnica para reparo, restauração nem sequer prevenção das peças mais delicadas, não há sistema de climatização adequado, fazendo as peças ressecarem ou mofarem. Não possui profissionais adequados para Museologia, Biblioteconomia, Historiografia, dentre outros campos necessários para o funcionamento de um museu. Sabemos que esta situação é encontrada também em outros museus de Juazeiro. É hora da população caririense exigir melhor trato à sua memória"

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira