Quarta-feira
21 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Quarta-feira, 21 de Novembro de 2018
Publicidade
Publicidade
Decisão magistrada

Juíza não cumpre ordem de desembargador e mantém dono da Pague Menos preso

Por Felipe Azevedo/Agência Miséria
Em 12/09/2018 às 09:10
Compartilhar
Magistrada acionará o STJ para rever a decisão (Foto: Divulgação)

A juíza federal Cíntia Menezes Brunetta não cumprirá, por hora, a decisão do desembargador Roberto Machado que concedeu habeas corpus pela soltura de Deusmar Queiroz, empresário dono da rede de farmácias Pague Menos.

A ordem do desembargador do TRF-5 foi dada na noite desta terça-feira (11), e rejeitada pela magistrada na manhã desta quarta. A juíza anunciou que irá consultar o Superior Tribunal de Justiça antes de decidir sobre a liberação do empresário.

Relembre

Acusado de crimes contra o sistema financeiro nacional, Deusmar havia se entregado neste sábado (8) à Polícia Federal em cumprimento da ordem da juíza da 12ª vara da Justiça Federal do Ceará, Cíntia Brunetta.

Após se apresentar, o empresário foi encaminhado para a unidade prisional Irmã Imelda, em Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza.

Números

A Pague Menos é uma das maiores redes de farmácias do Brasil. Tem 1.110 lojas em 354 cidades do pais, com ênfase na região Nordeste. Com 23 mil funcionários, a companhia teve faturamento de R$ 6,3 bilhões no ano passado.

Leia a decisão:

Publicidade
Compartilhe
Comentários
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
Publicidade
© ACONTECEU, TÁ NO MISÉRIA
Quer reproduzir nosso conteúdo no seu blog ou site? Estabeleça uma parceria clicando aqui.
Desenvolvido por Kleber Ferreira