Política
Férias forçadas
Em Paris, Ciro Gomes afirma estar cansado e que o PT errou ao escolher Haddad, diz colunista
Compartilhar

Ciro está na Europa desde que perdeu o 2º turno das eleições (Foto: Reprodução)

Por Felipe Azevedo/ Agência Miséria
Em 22/10/2018 às 15:00
Publicidade

Um encontro de Ciro Gomes com uma professora em Paris, na França, foi a primeira fala do presidenciável do PDT derrotado no primeiro turno das eleições.

Após declarar apoio crítico a Fernando Haddad (PT), Ciro cumpre um espécie de exílio europeu e só deve voltar ao Brasil pouco tempo antes do domingo, 28.

Publicidade


De acordo com a colunista da Folha de S. Paulo, Mônica Bérgamo, a professora brasileira Érika Campelo encontrou com Ciro e a esposa em uma estação de metrô em Paris. Ela o questionou por que ele não está no Brasil.

De acordo com a colunista, Ciro afirmou estar cansado e que está trabalhando há três anos. "O Brasil está doente", teria dito o ex-candidato, que também disse que a esquerda deveria ter debatido mais para a escolha do candidato na disputa com Bolsonaro.


Compartilhar

Publicidade
Mais do Site Miséria
Publicidade

Enquete
Você acha que deve haver leis mais duras para quem agride animais no Brasil?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor