Nordeste
Crime de importunação sexual
Homem é preso em flagrante por se masturbar em frente a uma mulher e ameaçá-la de morte em delegacia de PE
Em 12/03/2019 às 17:40

Zenildo é acusado de praticar importunação sexual no Recife (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Compartilhar

Um homem de 50 anos foi preso em flagrante no bairro do Ibura, na Zona Sul do Recife, após se masturbar em frente a uma mulher e ameaçá-la de morte. Segundo a Polícia Civil, o caso ocorreu na comunidade da Tela, onde a vítima morava com o marido e um filho pequeno, que estava com ela no momento do crime.

A ameaça à vítima ocorreu dentro da Delegacia do Ibura e em frente aos policiais que prenderam Zenildo Mariano da Silva. Ainda de acordo com a corporação, ele rasgou parte da lona do barraco onde a vítima mora para vê-la. O caso é tratado pela polícia como importunação sexual e é investigado pelo delegado Alessandro Menezes Orico.

O crime ocorreu no domingo (10), mas a prisão aconteceu na segunda-feira (11), após denúncias anônimas contra Zenildo. Inicialmente, o caso havia chegado à polícia como uma tentativa de estupro.

"A população estava bastante revoltada e queria fazer justiça com as próprias mãos. A vítima diz que só escapou de um estupro porque fingiu estar falando com o marido dentro de casa e isso espantou Zenildo. Vizinhos presenciaram a fuga dele, que deixou dois facões no local. O barraco da vítima é feito de lona e ele usou um facão para rasgar o material", afirma o delegado.

Ainda segundo a polícia, após a prisão, outras duas vítimas denunciaram ter sido vítimas de ameaças por parte de Zenildo e, em uma delas, houve conotação sexual. Na década de 1990, Zenildo foi condenado a 17 anos de prisão por matar uma mulher. Ele cumpriu parcialmente e foi liberado após progressão de pena.

"Em um dos casos, ele disse que mataria o marido e os filhos da vítima para depois estuprá-la. Dentro da delegacia, ele ameaçou a vítima da importunação sexual de morte. Por isso, solicitamos a conversão da prisão em flagrante para preventiva, tanto pela segurança dela quanto a dele, já que a comunidade está revoltada com a conduta dele", diz o delegado.

De acordo com a polícia, Zenildo responde pelo crime de ameaça, além da importunação sexual. "Vou abrir outros dois procedimentos sobre as outras mulheres, mas também pedimos que outras pessoas, que possam ter sido vítimas dele, denunciem, mesmo que anonimamente", declara o delegado.

A Delegacia do Ibura disponibiliza o telefone (81) 99895-9040 para denúncias relacionadas ao bairro. As informações também são recebidas por meio do aplicativo WhatsApp, pelo mesmo número.

Por meio de nota, o Tribunal de Justiça de Pernambuco informa que, em audiência de custódia, Zenildo Mariano da Silva teve o flagrante convertido em prisão preventiva e seguiu para o Centro de Observação e Triagem Professor Everardo Luna (Cotel), em Abreu e Lima, no Grande Recife.

Fonte: G1 PE

Compartilhar

Mais do Site Miséria

Enquete
Como você avalia o acolhimento de Juazeiro do Norte aos romeiros?

Qual seu sexo?

timelineResultado Parcial
TV Miséria
Humor