Controle financeiro com um aplicativo gratuito, simples e prático - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Tecnologia

Alan Rodrigues

Analista de Sistemas, fullstack developer, empreendedor, investidor, músico.

Tecnologia

Alan Rodrigues

Analista de Sistemas, fullstack developer, empreendedor, investidor, músico.

Controle financeiro com um aplicativo gratuito, simples e prático

Uma das principais dificuldades que temos ao longo da nossa jornada é ter o controle financeiro de nossos custos, economizar e saber aplicar melhor o nosso capital.

É preciso ter cautela, paciência e rigor no controle das receitas e despesas durante todos os nossos dias, saber o que entra e o que sai do nosso bolso é fundamental para não só sair do vermelho, bem como poder guardar dinheiro e lá na frente poder aplicar e investir melhor essas economias.

Sabemos que fazer anotações no papel de tudo que entra e que sai, além de cansativo, estamos contribuindo com o desgaste ecológico, quanto menos papel melhor será para o nosso planeta.

Pensando assim, o Organizze surgiu para revolucionar o controle financeiro nas nossas vidas, com um aplicativo simples, rápido e prático, podemos adicionar todas as nossas receitas e despesas, seja elas do dia, da semana, do mês e do ano, possibilitando gerar relatórios para análises futuras.

Saber o que vai entrar, e principalmente o que e a quem temos que pagar, deixa a vida mais organizada diga-se de passagem.

Você pode criar a sua conta gratuitamente em https://www.organizze.com.br/

Ou baixar o aplicativo, também de forma gratuita para as versões Android e IOS e começar agora mesmo a controlar melhor sua vida financeira.

  • Nada melhor do que está com as contas em dia
  • Ter um saldo em conta para respirar
  • Ter como cobrir uma eventual despesa que vez ou outra surge de última hora
  • E quem sabe, dependendo muito do controle rigoroso que precisa ser feito, com eficiência, lá na frente, se você começar hoje, vai ver que é possível economizar e aplicar melhor seu dinheiro.

Boas economias.

Compartilhar:
Comentar:
Publicidade
Governo do Estado
Publicidade