Nova rede social planeja remunerar criadores de conteúdos - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Tecnologia

Alan Rodrigues

Analista de Sistemas, fullstack developer, empreendedor, investidor, músico.

Tecnologia

Alan Rodrigues

Analista de Sistemas, fullstack developer, empreendedor, investidor, músico.

Nova rede social planeja remunerar criadores de conteúdos

A nova rede social TikTok vem crescendo bastante nos últimos meses, e para não deixar a curva de crescimento cair, os fundadores do aplicatilvo prometem remunerar os criadores de conteúdo conforme política de pagamentos na qual ainda está em fase de planejamento. 

O fundo está avaliado em torno de 200 milhões de dólares e terá como foco a manutenção daqueles que de fato produzem conteúdos, uma sacada interessante visando o crescimento ainda maior pra os próximos anos. 

Os detalhes ainda não foram divulgados, mas alguns requisitos mínimos já estão sendo discutidos internamente, como: idade mínima de 18 anos, determinado número de seguidores bem como frequência de postagens realizadas e o principal, que é a relevância e impacto do conteúdo criado. 

“Nossos criadores poderão se beneficiar de ganhos adicionais, que ajudem a recompensar o cuidado e a dedicação que empregam para se conectarem de forma criativa com uma audiência que se inspira em suas ideias”, diz o comunicado do TikTokG1 

Nenhuma das redes sociais atuais contemplam uma política de remuneração como a proposta do TikTok, apenas o YouTube disponibiliza ao criador do conteúdo, personaliza-lo se quer ou não que seja exibido anúncios no decorrer das exibições, valores estes que são pagos diretamente nas suas devidas contas. 

As previsões dos especialistas em social media é que as plataformas como o Facebook, Instagram e WhatsApp também possam copiar a iniciativa e surfar as mesmas ondas, acirrando a concorrência entre si e buscando valorizar mais que produz. 

Excelente notícia para os criadores de conteúdo relevante e de qualidade, 

Serão receitas mais que bem-vinda. 

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
Publicidade
Governo do Estado
Publicidade