PF investiga fraude no auxilio emergencial; no Cariri apenas Campos Sales e Jardim estão fora - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
e-Política

Madson Vagner

Jornalista e escritor. Madson Vagner atua como diretor de jornalismo e comentarista da Rádio 100 FM e colunista político do Jornal do Cariri. É correspondente colaborador dos jornais O Estado de S. Paulo e O Globo do Rio. Faz parte dos quadros de autores da Editora Novo Século.

e-Politica

Madson Vagner

Jornalista e escritor. Madson Vagner atua como diretor de jornalismo e comentarista da Rádio 100 FM e colunista político do Jornal do Cariri. É correspondente colaborador dos jornais O Estado de S. Paulo e O Globo do Rio. Faz parte dos quadros de autores da Editora Novo Século.

PF investiga fraude no auxilio emergencial; no Cariri apenas Campos Sales e Jardim estão fora

Apenas três municípios, entre os 184 do Ceará, estariam fora da lista da CGU. Em Hidrolândia, Campos Sales e Jardim, não foram identificadas as fraudes.

Um levantamento da Controladoria Geral da União (CGU) está identificando fraudes no recebimento do auxílio emergencial do Governo Federal em todo o Brasil. No Ceará, os números iniciais são alarmantes; mais 24 mil servidores teriam solicitado e recebido o auxílio sem precisar do benefício.

Apenas três municípios, entre os 184 do estado, estariam fora da lista suja da CGU. Em Hidrolândia, Campos Sales e Jardim, não foram identificadas as fraudes, que deram um rombo superior a R$ 16,5 milhões aos cofres públicos. O Tribunal de Contas do Estado (TCE) está recebendo as denúncias para repassar à Polícia Federal (PF).

A relação dos envolvidos está sendo mantida em sigilo, mas órgão fiscalizador garante que cada um responderá a inquérito instaurado pela PF. Além de terem que devolver o dinheiro, mesmo se concursados, poderão perder os empregos. A CGU encarra a investigação como prioritária.

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
Publicidade
Governo do Estado
Publicidade