Passam de 1.000 os fósseis doados para Museu Plácido Cidade Nuvens, em Santana - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Passam de 1.000 os fósseis doados para Museu Plácido Cidade Nuvens, em Santana
João Boaventura Neto
Fósseis no Museu Plácido Cidade Nuvens em Santana do Cariri (Foto: Reprodução Urca)

O Museu de Paleontologia Plácido Cidade Nuvens, em Santana do Cariri, está realizando a campanha institucional “Lugar de Fóssil é no Museu”. Lançada em dezembro do ano passado, já chegou a arrecadar mais de 1.050 fósseis para o equipamento.

A campanha, realizada pela Universidade Regional do Cariri (URCA), tem a finalidade principal de conscientizar a população sobre a importância de manter essas peças no espaço voltado para a salvaguarda e pesquisa científica, priorizando o material como patrimônio da humanidade.

O reitor da Urca, professor Francisco do O’ Lima Júnior, enalteceu a importância da Campanha. Ele destaca que Santana do Cariri é a capital da Paleontologia. “Essa estratégia de valorização vem auxiliar na promoção e salvaguarda do patrimônio, com ações integradoras para a história do Museu”, comemora.

O morador de Santana do Cariri, Expedito Carlos do Nascimento, afirma que é muito importante que as pessoas possam doar e a cidade precisa ficar cada vez mais reconhecida por essa riqueza e a conscientização das pessoas.

Já o diretor do Museu, o professor Allysson Pinheiro, destaca a importância daqueles que quiserem contribuir com a campanha, pela valorização do patrimônio regional. Ele conclama a sociedade a se integrar nesse projeto, levando os fósseis até o museu, para que sejam realmente preservados. O diretor cita o exemplo do comerciante Expedito.

Compartilhar:
Comentar:
*Publicidade