Cariri segue na fase de transição com Crajubar em isolamento social rígido; entenda - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Cariri segue na fase de transição com Crajubar em isolamento social rígido; entenda
Seguem em isolamento social rígido as cidades de Juazeiro do Norte, Barbalha, Crato, Brejo Santo, Iguatu, Tianguá e Sobral.
João Boaventura Neto
Cariri segue na fase de transição com Crajubar em isolamento social rígido
Triangulo Crajubar na Região do Cariri (Reprodução)

A Região do Cariri seguem na fase de transição, onde é permitida a atividade das cadeias de indústria química e correlatados (30%); artigos de couros e calçados (20%); indústria metalmecânica e afins (30%); saneamento e reciclagem (30%); energia (20%); cadeia da construção civil (30%); têxteis e roupas (20%).

Comunicação, publicidade e editoração (30%), indústria e serviços de apoio (30%); artigos do lar (30%); agropecuária (30%); móveis e madeiras (30%); tecnologia da informação (30%); logística e transporte (30%); automotiva (20%), cadeia da saúde (100%); e esporte, cultura e lazer também são liberados gradualmente.

É o caso dos municípios de Abaiara, Acopiara, Altaneira, Antonina do Norte, Araripe, Assaré, Aurora, Baixio, Barro, Campos Sales, Caririaçu, Farias Brito, Granjeiro, Icó, Ipaumirim, Jardim, Jati, Lavras da Mangabeira, Mauriti, Milagres, Missão Velha, Nova Olinda, Penaforte, Porteiras, Potengi, Salitre, Santana do Cariri, Tarrafas, Umari, Várzea Alegre, ainda que na transição, têm recomendações para intensificar as medidas de isolamento.

Seguem em isolamento social rígido as cidades de Juazeiro do Norte, Barbalha, Crato, Brejo Santo, Iguatu, Tianguá e Sobral.

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
*Publicidade