Cinco curiosidades para conhecer melhor a Bandeira do Brasil - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Cinco curiosidades para conhecer melhor a Bandeira do Brasil
O Site Miséria enumerou cinco curiosidades sobre a Bandeira Nacional
Sarah Gomes
Foto: Izabelly Macêdo/Agência Miséria

O Dia da Bandeira do Brasil é comemorado nesta terça-feira (19). Símbolo de uma nação, toda bandeira carrega uma história que revela fatos curiosos sobre um país. O Site Miséria enumerou cinco curiosidades sobre a Bandeira Nacional que permitirá ao leitor conhecer um pouco mais sobre esse símbolo nacional:

1º) A Bandeira do Brasil foi escolhida quatro dias após a Proclamação da República, que aconteceu em 15 de novembro de 1989. Muito se especula sobre o significado das cores da Bandeira, mas não há uma resposta precisa. O decreto oficial que determinou as cores apenas cita que seria composta por cores emblemáticas, “verde de primavera e amarelo d’ouro”.

2º) As formas geométricas da Bandeira do Brasil são semelhantes às formas da Bandeira do Império. A novidade da Bandeira como a conhecemos hoje é a esfera azul celeste, que representa o céu do Rio de Janeiro na noite da Proclamação da República, e a faixa branca que o corta. A faixa não foi inserida por acaso, ela representa uma linha astronômica chamada eclíptica, que mostra a trajetória do Sol em torno da Terra.

3º) A frase “Ordem e Progresso” é inspirada no lema de uma corrente filosófica chamada positivismo, que era comum entre os membros que derrubaram o império. O positivismo tem o amor como princípio, a ordem como base e o progresso como objetivo. “Ordem” e “Progresso” foram parar na Bandeira Brasileira por isso. Enquanto o “Amor” foi destinado ao Hino Nacional, que contém trechos como “Pátria amada”, “de amor e de esperança à Terra desce” e “Brasil, de amor eterno seja símbolo”.

4º) A Bandeira do Brasil é um dos quatro símbolos nacionais, ao lado do Hino, do Selo Nacional e do Brasão das Armas Nacionais. A Bandeira é hasteada e arriada diariamente nas organizações militares brasileiras e nos palácios presidenciais. O hasteamento acontece às 8h pontualmente e o arriamento às 18h ou enquanto o sol se põe, o que acontecer primeiro.

5º) As bandeiras que se tornam inservíveis ao longo do tempo são incineradas simbolicamente no dia 19 de novembro e substituídas por bandeiras novas. A Bandeira do Brasil que está hasteada na Praça dos Três Poderes, em Brasília, é a maior Bandeira Nacional regularmente hasteada do mundo. Ela mede 283m² e está hasteada em um mastro de 100 metros de altura, monumento de autoria de Sérgio Bernardes.

Em entrevista ao Site Miséria, José Alberto da Silva Junior, Chefe do Grupo Escoteiro Iva Emidio Gondim, falou sobre os ensinamentos repassados sobre a Bandeira do Brasil aos jovens escoteiros de Juazeiro do Norte.

“Nós ensinamos que tem que ter o maior respeito pela Bandeira. Ensinamos a forma de dobrar, a localização, sempre centralizada, independente de ter outras ou não, tem que estar acima”, explicou. O Grupo conta com 35 crianças e adolescentes. O mais novo dos escoteiros tem apenas 6 anos de idade. De acordo com o Chefe da Sessão, alguns dos jovens que passaram pelo Grupo se tornaram sargentos, policias e delegados.

Compartilhar:
Comentar:
*Publicidade