Clientes geram multidão na rua São Pedro enquanto Mercado Central amarga esvaziamento - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Clientes geram multidão na rua São Pedro enquanto Mercado Central amarga esvaziamento
Felipe Azevedo
Registro do Mercado Central na manhã desta quinta, 6 (Foto: Guto Vital)

No 4º dia de retomada econômica em Juazeiro, a cidade registra o dia de maior movimentação no Centro. Com permissão de atuar apenas com 40% do efetivo, os lojistas precisam organizar filas e estabelecer distâncias entre clientes na rua São Pedro. Na manhã desta quinta (6), uma multidão percorreu o comércio.

Multidão lota rua São Pedro (Foto: Guto Vital)

Outra realidade ocorre no Mercado Central, por exemplo. Enquanto do lado de fora há disputa por espaço nas lojas, os comerciantes dentro do complexo ainda aguaram o movimento que esperavam na reabertura gradual do comércio.

É o caso de Rosilanio Leite, 47, que tem uma loja de variedades. Ele diz que o movimento está abaixo do esperado. “Praticamente, o dinheiro que entrou nesses dias não é suficiente para pagar os funcionários”, lamenta. A esperança é que o movimento volte ao normal dentro de um mês. Há ainda o receio de uma nova onda de infecção e o comércio precise fechar novamente.

Leia mais

Juazeiro do Norte é a primeira cidade no Nordeste a aderir à Campanha Loja +Segura

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
*Publicidade