Com rodoviárias fechadas, romeiro do Piauí está em Juazeiro desde março e pensa em morar na cidade - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Com rodoviárias fechadas, romeiro do Piauí está em Juazeiro desde março e pensa em morar na cidade
Sarah Gomes
Foto: Guto Vital/Agência Miséria

Em 17 de março deste ano, a Diocese do Crato anunciou que os atos litúrgicos estariam suspensos por tempo indeterminado. Entre os atos litúrgicos estão procissões, romarias, novenas e vias sacras. 

Com essa medida, a Romaria do Padre Cícero foi cancelada. No entanto, alguns fiéis já estavam na cidade e outros encontravam-se a caminho, sem acesso aos meios de comunicação que informavam a decisão da Diocese.

Foi o caso do romeiro piauiense Ricardo Maciel Pereira, de 45 anos. Ricardo chegou a Juazeiro do Norte antes do início da Romaria do Padre Cícero e foi pego de surpresa pelos decretos. Sem ter como ir embora da cidade, o homem alugou um quarto, por onde se hospedou durante um mês. 

“Aí eu digo agora: aonde eu chegar é minha terra”, declarou o romeiro. De acordo com o Ricardo, “se os comércios abrirem, eu me estabeleço aqui, com fé em Deus”.

Atualmente, o romeiro vende carrinhos de garrafa PET. Ricardo conta que chega a vender de três a quatro carrinhos por dia, pelo valor de R$ 10,0. A renda do trabalho informal somada ao auxílio emergencial do Governo Federal mantém Ricardo. “É fraco, mas é a lei da sobrevivência, não posso parar.”

Foto: Guto Vital/Agência Miséria

Compartilhar:
Comentar:
*Publicidade