Entrada para o 1º dia de prova do Enem 2020 sem aglomerações, em Juazeiro do Norte - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Entrada para o 1º dia de prova do Enem 2020 sem aglomerações, em Juazeiro do Norte
A abertura dos portões foi antecipada em 45 minutos devido a pandemia. Assim os estudantes têm mais tempo para entrar e não provocam aglomeração na entrada.
João Boaventura Neto
Entrada para o 1º dia de prova do Enem 2020 sem aglomerações, em Juazeiro do Norte
Entrada nos locais de prova não tem aglomeração (Foto: Guto Vital/Agência)

Na tarde deste domingo, dia 17, são aplicadas as provas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Redação e Ciências Humanas e suas Tecnologias, referentes ao 1º dia do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) 2020. Os portões foram abertos 11h15 e o fechamento às 13h com início das provas 13h30 e término às 19h.

A abertura dos portões foi antecipada em 45 minutos devido a pandemia. Assim os estudantes têm mais tempo para entrar e não provocam aglomeração na entrada, como é visto nas fotos registradas pelo repórter Guto Vital.

Na escola Governador Adauto Bezerra (2º Grau) selecionados apenas os alunos com necessidades especiais, como surdos, cadeirantes, autistas, deficiência visual, deficiência física e demais necessidades. Nas salas de aulas terá aplicadores especializados: ledores, transcritores e intérprete de libras. São 30 alunos.

Até o fechamento desta matéria apenas cinco estudantes haviam chegado ao local da prova. Dois surdos, uma garota com deficiência intelectual, um cadeirante e uma garota surda.

Fábio Vinícius, 18 anos, é aluno do Figueiredo Correia, no Bairro Pio XII e vai fazer o Enem pela primeira vez. Fábio disse que é importante ter um local específico com acessibilidade para ele, que é cadeirante.

Entrada para o 1º dia de prova do Enem 2020 sem aglomerações, em Juazeiro do Norte

Fábio Vinícius ao lado de familiares na entrada do colégio Governador Adauto Bezerra (Foto: Guto Vital/Agência)

“Legal que me dá acessibilidade de poder fazer a prova e tentar obter minha formação”, disse a reportagem do site Miséria afirmando ainda que a família o apoia em relação aos estudos.

A mãe do Fábio, Marlene da Silva Nascimento, disse que o filho tem o sonho de ser músico e que a família sempre apoia.

“Ele estudou muito durante todo esse ano e a família sempre apoia ele. A avó dele fez uma comida especial para ele almoçar hoje. A irmã sempre estuda junto com ele. A família está sempre ao lado dele”, disse Marlene revelando que ele já toca alguns instrumentos.

Outro aluno que vai fazer o Enem pela primeira vez é o Pedro Gabriel Cabral, 18 anos, aluno da escola Governador Adauto Bezerra vai tentar pontuação para cursar Educação Física. A prova ele fará na escola Presidente Geisel (Polivalente). São 142 estudantes neste colégio.

Veja fotos

Entrada para o 1º dia de prova do Enem 2020 sem aglomerações, em Juazeiro do Norte

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
*Publicidade