Com visão privilegiada, famílias do Alto da Penha lamentam falta da Expocrato 2020 - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Com visão privilegiada, famílias do Alto da Penha lamentam falta da Expocrato 2020
Felipe Azevedo
Edilson Maia curte o festival do quintal de Casa (Foto: Guto Vital)

Quem já esteve na Expocrato – tradicional festa anual no Crato, sul do Ceará -, sabe: durante os shows, o “camarote do povo” tem visão privilegiada da festa. Numa encosta bem ao lado do parque Pedro Felício Cavacanti, pessoas se reúnem e, do alto, acompanham as apresentações, o show pirotécnico e dançam nos quintais das casas.

Um dos privilegiados é o aposentado Edilson Maia, 56, morador do bairro Alto da Penha. Sem a edição 2020 da festa por conta da pandemia, ele se diz triste. Ele recebeu um repórter do Miséria e contou que, por conta da visão privilegiada, o “camarote” é um dos locais mais confortáveis de acompanhar a festa.

Espaço onde ocorre a a Expocrato (Foto: Guto Vital)

Isso porque, além de não precisar pagar pelo ingresso, os moradores não enfrentam filas, congestionamento e nem “passam por aperto”. “Todo ano a gente acompanha as belezas aqui de cima, é triste que agora não será possível realizar, mas esperamos que em 2021 tudo volte ao normal”, contou.

A Expocrato 2020 foi oficialmente cancelada em maio deste ano. A festa estava marcada para ocorrer entre os dias 12 e 19 de julho. Em comunicado oficial, o festival informou que  “em virtude da pandemia da COVID-19 e dos cuidados à não realização de eventos e aglomerações conforme orientação das autoridades de saúde do Governo do Ceará”.

Novidades

Esta semana o festival anunciou uma novo tipo de atração. Pela primeira vez, os cantores Xandy Avião e Raimundo Fagner se apresentarão. O show, promovido pela Expocrato, será transmitido ao vivo nas plataformas digitais no próximo dia 1º.

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
*Publicidade