Glêdson afirma que situação de Juazeiro é preocupante e não descarta lockdown se os números piorarem - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Glêdson afirma que situação de Juazeiro é preocupante e não descarta lockdown se os números piorarem
Em entrevista ao Site Miséria, o prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra, negou que Juazeiro do Norte entraria em lockdown nos próximos dias.
Sarah Gomes
Glêdson afirma que situação de Juazeiro é preocupante e não descarta lockdown
Glêdson afirma que situação de Juazeiro é preocupante e não descarta lockdown (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)

Nesta quinta-feira (04), Fortaleza amanheceu em lockdown. O Decreto Estadual Nº 33.965, que determinou medidas de isolamento rígidas para a capital do Estado, também fez menção ao interior. De acordo com o documento, os municípios em que os níveis de alerta da Covid-19 estejam altíssimos estão “recomendados” a adotar o isolamento social rígido nos mesmos termos do de Fortaleza, com comércio, restaurantes, Igrejas e academias fechadas.

Em entrevista ao Site Miséria, o prefeito de Juazeiro do Norte, Glêdson Bezerra (Podemos), negou que Juazeiro do Norte entraria em lockdown nos próximos dias, mas não descartou a possibilidade. “Se for necessário o lockdown nós vamos decretar, porém, neste momento, Juazeiro do Norte não precisa decretar lockdown”, declarou.

Segundo o gestor, a situação de Juazeiro do Norte é “muito preocupante” e os números avançam rapidamente. Há cerca de 14 dias, o município registrava em média 32 casos diários, mas recentemente esse número saltou para 54. No entanto, Glêdson defende que outros pontos também devem ser levados em consideração para analisar a necessidade de lockdown, entre eles estão a diminuição de internações em leitos de UTI e os investimentos na aquisição de insumos.

“Não há necessidade de decretar lockdown em nosso município, mas repito: existe a preocupação com os casos que estão aumentando. Nós estamos sempre observando os dois lados para que as medidas restritivas mais duras sejam tomadas apenas no momento em que nossas autoridades sanitárias reconheçam seu momento mais oportuno”, defendeu.

Assista a entrevista completa:

Até está quarta-feira (04) Juazeiro do Norte registrava 339 pessoas infectadas pelo coronavírus e diagnosticadas com Covid-19. Destas, 296 estão em isolamento domiciliar e 43 hospitalizadas. Em quase um ano de pandemia o município soma 18.203 casos confirmados e 364 óbitos pela doença.

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
*Publicidade