Jovens, mulheres técnicas de enfermagem lideram ranking de profissionais infectados no Cariri - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Jovens, mulheres técnicas de enfermagem lideram ranking de profissionais infectados no Cariri
Felipe Azevedo
Iminente colapso de leitos de UTI no Sul do Ceará preocupa autoridades
Hospital Regional do Cariri, em Juazeiro do Norte (Raquel Oliveira/Diário do Nordeste)

Mulheres técnicas e auxiliares de enfermagem, de 30 a 34 anos são as que mais se infectaram com o coronavírus no Cariri. Os dados do Governo do Estado mostram qual a incidência do vírus em profissionais da saúde na linha de frente no Ceará. Não há óbitos registrados nesse grupo no Cariri.

Ainda segundo as informações do IntegraSUS, atualizadas diariamente, ao menos 80 mulheres nesse grupo específico foram contaminadas. Em todas as faixas etárias, elas têm maior incidência de contágio que os homens.

Incidência da doença em homens e mulheres profissionais de Saúde no Cariri (Foto: IntegraSUS)

Em paralelo, a plataforma mostra que ao menos 517 profissionais foram infectados. Entre os mais atingidos estão os auxiliares de enfermagem (168), enfermeiros (77) e médicos (64).

A cidade com maior número de profissionais da saúde infectados é Juazeiro do Norte, com 158 casos. Seguido de Barbalha (93), Crato (88) e Várzea Alegre (45). Brejo Santo (20), Mauriti (14) e Campos Sales (13) vêm logo em seguida.

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
*Publicidade