Juazeiro lembra hoje 30 anos da morte do ex-vereador Leandro Bezerra - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Juazeiro lembra hoje 30 anos da morte do ex-vereador Leandro Bezerra
Foi o quarto filho de Maria Amélia e José Bezerra de Menezes tendo nascido no dia 6 de abril de 1924 no Sítio Salgadinho
Demontier Tenório
Leandro Bezerra morreu aos 67 anos vítima de um infarto fulminante. (Foto: Reprodução/Arquivo)

O Site Miséria lembra neste sábado a passagem de exatos 30 anos da morte do agropecuarista e ex-vereador em Juazeiro do Norte, Leandro Bezerra de Menezes. Era bisneto do Brigadeiro Leandro Bezerra Monteiro, fundador do sítio primitivo do Joaseiro e, portanto, membro de uma das tradicionais famílias do Cariri. Foi o quarto filho de Maria Amélia e José Bezerra de Menezes tendo nascido no dia 6 de abril de 1924 no Sítio Salgadinho ou cerca de 10 anos antes da morte de Padre Cícero.

Dos seus irmãos já faleceram Orlando, Alacoque, Humberto e Adauto, que morreu neste sábado, estando vivos Dona Neide e Ivan Bezerra. Leandro começou a estudar no Grupo Escolar Padre Cícero de onde saiu para o Ginásio Diocesano de Crato. Todavia escolheu Fortaleza para concluir estudos secundários entre os Colégios São João e Cearense optando por retornar ao Cariri, a fim de se dedicar às atividades empresariais a partir do comércio em Crato.

No dia 5 de fevereiro de 1949 casou-se com Maria La Salete Cruz Bezerra de Menezes, de cujo matrimônio nasceram: Tereza Fátima, José Arnon, José Arnaldo, Tereza Margarida, Luiz Ivan e Domingos Sávio. Além do comércio, Leandro trabalhou no ramo agropecuário gerenciando fazendas da família. As Fazendas Reunidas Bezerra de Menezes congregavam todos os empreendimentos agrícolas após o falecimento do patriarca Zé Bezerra no dia 5 de maio de 1954.

Com apenas 23 anos e filiado a UDN, ele foi o primeiro dos irmãos a ingressar na política sendo eleito vereador e exercido o mandato entre os anos 1948 e 1950 a exemplo do seu pai que tinha sido parlamentar entre 1933 e 1936. Não era sua vocação e ficou só num mandato, mas sem se afastar da vida partidária passando pela Arena, PFL e, por último, o PP sempre nas campanhas políticas ajudando eleger irmãos e o filho José Arnon.

Arnon foi deputado estadual, vice-prefeito de Juazeiro, deputado federal por seis mandatos, mas Leandro Bezerra não teve a oportunidade de ver a materialização do seu sonho que era ter o filho prefeito de Juazeiro. Isto ocorreu apenas em 2016 quando já tinha falecido. Outro filho seu, Domingos Sávio, foi vereador e Luiz Ivan vice-prefeito e prefeito de Juazeiro. Em 1972 fundou a Associação dos Carroceiros e Carregadores de Juazeiro que começou no quintal de sua casa ao lado da Praça dos Ourives.

A partir de 2000 foi criada a Fundação Leandro Bezerra, no Bairro Santa Tereza, em nome da ampliação dos serviços como cursos na área de informática, eletrônica, confecção de bolsas e corte e costura. A entidade mantém consultório médico e odontológico, assistência jurídica e uma rádio comunitária. Em 1960, ele participou da fundação da Cooperativa Agropecuária e Industrial do Cariri e, depois, da Sovareno (Sociedade de Vaquejada Regional do Nordeste) 17 anos após.

Compartilhar
Loading spinner
Avalie esta notícia
Comentar
*Publicidade