Juazeiro: Pedagogo reclama de atraso no repasse de dados da vacinação; Sesau responde - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Juazeiro: Pedagogo reclama de atraso no repasse de dados da vacinação; Sesau responde
Natanael Lucena, afirmou à nossa equipe de reportagem que mesmo com o cartão de vacinação existem estabelecimentos que não aceitam o documento como comprovação do recebimento do imunizante
Yanne Vieira
Pedagogo reclama de atraso no repasse de dados da vacinação
O pedagogo Natanael Lucena relatou dificuldades na emissão do passaporte de vacinação digital (Foto: Guto Vital/Agência Miséria)

Na manhã desta quarta-feira (24), os repórteres Toni Sousa e Guto Vital, da equipe de reportagem audiovisual do Site Miséria, estiveram em Juazeiro do Norte com o pedagogo Natanael Lucena que relatou dificuldades na emissão do passaporte de vacinação digital, mesmo tendo recebido as duas doses da vacina contra a Covid-19. O passaporte passou a ser exigido nos estabelecimentos como bares e restaurantes e em eventos desde o dia 15 de novembro em todo o estado do Ceará.

Natanael Lucena, afirmou à nossa equipe de reportagem que mesmo com o cartão de vacinação existem estabelecimentos que não aceitam o documento como comprovação do recebimento do imunizante.

A equipe de reportagem do Site Miséria procurou a Secretaria de Saúde (Sesau) de Juazeiro do Norte, onde a titular da pasta, Francimones Albuquerque, explicou que o município tem a competência de alimentar os dados na plataforma Saúde Digital, já a migração para o Conecta Sus é competência estadual e só após esse procedimento que os dados podem ser emitidos no passaporte digital.

Francimones Albuquerque relatou, ainda, que estão sendo feitas reuniões com os comerciantes e promotores de eventos para que “seja utilizado como comprovação da vacina, o cartão de vacinação”.

Assista:

Compartilhar
Loading spinner
Comentar
*Publicidade