Mesmo com isolamento social, fiéis não deixam de pedir e agradecer ao Padre Cícero - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Mesmo com isolamento social, fiéis não deixam de pedir e agradecer ao Padre Cícero
Devotos do Padre Cícero não deixam de visitar o Largo do Socorro para rezar
João Boaventura Neto
A cadeirante Fafá rezando em frente ao monumento do Padre Cícero no Largo do Socorro (Normando Sóracles/Agência Miséria)

Mesmo com isolamento social em Juazeiro do Norte, fiéis não deixam de pedir e agradecer ao Padre Cícero. Na manhã desta sexta-feira, dia 5, o repórter Normando Soracles flagrou pessoas visitando o Largo do Socorro, o nicho de Padre Cícero no andro da Capela do Socorro.

A reportagem do site Miséria conversou com a senhora que gosta de ser chamada de Fafá. Ela, cadeirante, estava ao lado do monumento onde fica a estátua de Padre Cícero no Largo do Socorro pedindo “a benção a meu padim para acabar logo com esse vírus que está no mundo, acabando com a humanidade”.

Ela garante que tem ficado em casa, respeitando o isolamento social por conta das palavras do padre Reginaldo Manzotti, através do rádio e da televisão, mas que hoje teve que sair para entregar umas máscaras que costura e vende. Deficiente física desde os 5 anos de idade, Fafá revela que aprendeu a costura com “a própria inteligência”.

Com fé no Padre Cícero, a fortalezense radicada em Juazeiro, afirma que tem conversado com o padre e que sempre recebe bênção quando pede.

Maria Gomes foi até a entrada da Capela do Socorro agradecer por uma graça alcançada por intermédio do Padre Cícero (Foto: Normando Sóracles/Agência Miséria)

Maria Gomes é outra fiel que esteve na praça do Socorro, rezando na porta da capela que encontra-se fechada por conta de decreto. Ela foi até o local santo por conta de uma graça alcançada por intermédio do Padre Cícero. Ela conta que sobrinha estava doente no hospital. “Ela ficou boa e eu fiz a promessa para vir agradecer aqui no Socorro”.

Ela também garante que está cumprindo o isolamento social ficando em casa por conta do que vê nos noticiários da televisão. “Só saio as vezes para rezar, como fiz hoje”, finaliza.

Compartilhar:
Comentar:
*Publicidade