Miséria fez história ao transmitir em tempo real corte do Pau da Bandeira - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Miséria fez história ao transmitir em tempo real corte do Pau da Bandeira
Pela primeira vez, um veículo de comunicação conseguiu transmitir corte ao vivo
Viviane Bastos
Foto: Guto Vital/Agência Miséria

Nesta sexta-feira (13), os carregadores do Pau da Bandeira de Santo Antônio retornaram ao sítio São Joaquim, para realizar o tradicional corte do Pau da Bandeira, após dois anos de pandemia. Um momento de emoção para quem carrega a tradição que tem origem em 1928.

O Site Miséria conseguiu transmitir em tempo real o retorno dos carregadores à Floresta Nacional do Araripe, e fez história. Pela primeira vez, um veículo de comunicação registrou as imagens em uma live. Feito inédito, já que o corte do tronco de uma árvore é feito em um local de difícil acesso, e, consequentemente, com sinal limitado.

A equipe de audiovisual, composta pelo cinegrafista Guto Vital e o repórter Toni Sousa, captou imagens desde o momento dos rituais e brincadeiras entre os carregadores até o corte. A transmissão ao vivo durou 27 minutos.

Este ano, a espécie escolhida para servir de mastro foi o Angico. Após a derrubada da árvore, os carregadores fizeram o replantio com 20 mudas da mesma espécie. O corte do Pau da Bandeira marca o início dos festejos alusivos ao Padroeiro de Barbalha.

ASSISTA:

Compartilhar
Comentar
*Publicidade