Moradores reclamam de abandono em rua do bairro do Tiradentes; assista - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Moradores reclamam de abandono em rua do bairro do Tiradentes; assista
Na manhã desta terça-feira (28), a equipe de reportagem audiovisual do Site Miséria esteve no local
Yanne Vieira
Foto: Guto Vital/ Agência Miséria

Falta de calçamento, acúmulo de lama e mau cheiro são algumas das reclamações de moradores da rua Papa João Paulo II, no bairro Tiradentes, em Juazeiro do Norte. Na manhã desta terça-feira (28), a equipe de reportagem audiovisual do Site Miséria esteve no local.

De acordo com os residentes, o local, que já se tornou um matagal, é também ponto de despejo de lixo, o que provoca mau cheiro.

Vânia dos Santos é costureira e reside próximo ao local, em entrevista ao repórter Toni Sousa, ela afirmou que a situação nunca foi resolvida e se agrava durante o período chuvoso.

De acordo com o engenheiro Germano Oliveira, morador do local há 4 anos, o terreno seria uma Área de Proteção Ambiental (APA), e pertence ao município.

Assista:

A reportagem do Site Miséria entrou em contato com a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos de Juazeiro do Norte (Semasp). Em nota, a assessoria afirmou que “segue agindo ativamente para sanar os problemas que ainda atingem partes da cidade. A pasta reforça seu compromisso de atuar no levantamento de recursos, ampliando a capacidade de investimento e que o local em evidência consta nas planilhas para futura ação. No que concerne ao acúmulo de lixo, a Secretaria de Meio Ambiente e Serviços Públicos (Semasp) observa que a coleta domiciliar está em regularidade. Indicamos que os descartes ilegais estão sendo investigados, com objetivo de agir no seio dos parâmetros legais. A Semasp observa, ainda, que conta com a parceria da população, para colocar o lixo na rua somente nos dias de recolhimento. Os dias e horários da coleta em cada bairro podem ser verificados nas redes sociais da Prefeitura Municipal. No que tange a iluminação, a Semasp reitera que já acionou a empresa responsável pelo serviço. Portanto, a perspectiva é que uma equipe de averiguação seja destinada ao local o mais rápido possível.

Compartilhar
Comentar
*Publicidade