MPCE já investiga professores do Cariri por abuso sexual após relatos de vítimas - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
MPCE já investiga professores do Cariri por abuso sexual após relatos de vítimas
Ascom
Ministério Público do Estado do Ceará (MPCE) (Reprodução)

O Ministério Público do Ceará (MPCE) de Juazeiro do Norte instaurou um procedimento para apurar abusos sexuais no Cariri. Os crimes foram relatados por alunas em estabelecimentos de ensino públicos e privados em Juazeiro do Norte e Crato. Os abusos teriam sido cometidos por professores e funcionários.

Os promotores de Justiça Leonardo Marinho, André Simões e Flávio Corte, titulares das 12ª, 4ª e 13ª Promotorias, respectivamente, requisitaram a instauração de um inquérito policial na Delegacia de Defesa da Mulher de Juazeiro do Norte para a abertura de uma investigação.

As denúncias começaram a ser divulgadas por diversas alunas na última terça-feira (02) através da hashtag #exposedcariri, na rede social “Twitter”. Os fatos investigados estão previstos nos artigos 215-A (importunação sexual), 216-A (assédio sexual) e 217-A (estupro de vulnerável), todos do Código Penal Brasileiro.

O promotor de Justiça Leonardo Marinho informa que, até o momento, já foram identificados casos envolvendo profissionais de cinco escolas e uma universidade, e ressalta ser de suma importância que as vítimas busquem às autoridades para relatar os casos, a fim de contribuírem com as investigações.

Compartilhar:
Comentar:
*Publicidade