Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Patrulha Maria da Penha em Juazeiro segue assistindo mulheres em situação de violência doméstica
Ações que se tornaram rotina dos Guardas Civis que compõem a Patrulha Maria da Penha (PMP) em Juazeiro são as visitas periódicas às residências das mulheres que possuem medidas protetivas concedidas pela Justiça
Demontier Tenório
Patrulha Maia da Penha desenvolve excelente trabalho no Juazeiro (Foto: Reprodução)

Ações que se tornaram rotina dos Guardas Civis que compõem a Patrulha Maria da Penha (PMP) em Juazeiro são as visitas periódicas às residências das mulheres que possuem medidas protetivas concedidas pela Justiça. O objetivo é garantir que estejam seguras e que as medidas estão sendo cumpridas pelo agressor. Além disso, prestam orientações jurídicas.

Segundo a Coordenadora da Patrulha, Mônica Bezerra Vital, muitas mulheres não conhecem seus direitos ou não sabem como proceder legalmente em casos de violência doméstica ensinando-lhes os caminhos. Os guardas da PMP até fazem o acompanhamento durante o processo judicial na base do apoio moral e prático até comparecendo às audiências e a interlocução com o poder judiciário.

Ela chama a atenção ainda para as atividades de prevenção e conscientização em palestras nas escolas, associações comunitárias e outros locais disseminando sobre os direitos das mulheres e prevenindo a violência doméstica em Juazeiro. A Patrulha Maria da Penha é formada por guardas municipais que trabalham em conjunto com esse objetivo.

Compartilhar
Loading spinner
Comentar
+ Lidas
Publicidade