Primeiras turmas do Complexo Social Mais Infância são certificadas em Barbalha - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Primeiras turmas do Complexo Social Mais Infância são certificadas em Barbalha
Inaugurado em março de 2022, o espaço já atendeu 500 pessoas, sendo 285 nos cursos de capacitação
Yanne Vieira
Foto: Ascom SPS

Nesta sexta-feira (20), a cerimônia de certificação do Complexo Social Mais Infância de Barbalha foi realizada no município. Com a presença do secretário-executivo da Proteção Social, Francisco Ibiapina, o evento homenageou os 139 alunos das primeiras turmas da unidade.

Na ocasião, foi realizada a entrega dos certificados dos cursos, para os concludentes de Camareiro de Hotel, Informática Básica, Marketing Digital, Software de Edição de Textos, Comida de Rua, Sobremesas para Restaurantes e Formação de Salgadeiro, além da entrega de kits instrumentais para os integrantes do curso de Design de Sobrancelhas.

Coordenado pela Secretaria da Proteção Social, Justiça, Cidadania, Mulheres e Direitos Humanos (SPS), o Complexo Social Mais Infância é o primeiro localizado no interior do Estado, e tem o objetivo de ser um local de convívio e integração entre as famílias e a comunidade, com atividades culturais, esportivas, educacionais e de geração de renda.

Inaugurado em março de 2022, o espaço já atendeu 500 pessoas, sendo 285 nos cursos de capacitação. As capacitações foram realizadas entre março e maio de 2022, com cargas que variam entre 12 e 100 horas/aula. O momento acontece em parceria com o Instituto Maria da Hora (IMH) e o Instituto de Arte e Cidadania (IAC), que executam os cursos nas unidades.

De acordo com a secretária titular da SPS, Onélia Santana “os Complexos Mais Infância nasceram a partir de um sonho, que hoje é realidade, e que se concretiza a cada dia, nas mudanças positivas para a vida destas pessoas […] o dia é de alegria, oportunidades e de qualificação para estes profissionais, que estão sendo certificados hoje no município de Barbalha”, conclui.

Para Cícera Pereira (37), concludente do curso de Designer de Sobrancelhas, “a formação foi muito proveitosa, especialmente porque uma capacitação como esta, tão completa, não era acessível. Muitas pessoas da minha classe, assim como eu, não teriam condições de pagar”. Mãe solteira, de quatro filhos, ela explica que no momento não está trabalhando, porque os dois menores têm necessidades especiais. “O próximo passo é colocar em prática todo o conhecimento e apoio que tive do Complexo, me especializar cada vez mais na área de estética e abrir um estúdio para mim”, conta.

 

Compartilhar
Comentar
*Publicidade