Sem Feira de Fogos, vendedor há três décadas espera fim da pandemia para comercializar em Juazeiro - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Sem Feira de Fogos, vendedor há três décadas espera fim da pandemia para comercializar em Juazeiro
Felipe Azevedo
Marcelo Nonato guarda as barracas no quintal de casa (Foto: Guto Vital)

As barracas da Feira de Fogos de Juazeiro do Norte deveriam estar montadas desde o dia 1º de maio. Com a pandemia e o comércio fechado, 35 famílias que dependem dessa renda nessa época do ano não puderam trabalhar.

É o caso do vendedor Marcelo Nonato. Há 30 anos participa da feira junto com a família, e que nesta sexta (29), ainda estava com as duas barracas desmontadas.

O Site Miséria foi até a casa do vendedor de fogos. Ele diz que espera poder comercializar a mercadoria em breve e faz um apelo para que a população siga a orientações de prevenção.

Sobre a realização ou não da feira, a prefeitura informou que vai depender do avanço ou não dos números da pandemia em Juazeiro do Norte, e que não há nada concreto.

Assista

Compartilhar:
Comentar:
*Publicidade