Tempo de pequi: agricultores já montam barracas nas estradas do Cariri - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Tempo de pequi: agricultores já montam barracas nas estradas do Cariri
Sarah Gomes
Foto: Normando Sóracles/Agência Miséria

Barracas de venda de pequi começam a ser montadas nas estradas da Chapada do Araripe. As estruturas improvisadas já fazem parte do cenário tradicional do local durante a safra do fruto, que acontece de janeiro a março.

O Site Miséria conversou com o casal Socorro e Nena enquanto eles montavam uma barraca para venda de pequi no acostamento da estrada que liga o município de Crato à Nova Olinda, a CE-292. Os dois acreditam que a safra do próximo ano será boa e se prepararam para o início da comercialização.

Tradicional da Chapada do Araripe, a abundância do pequi fomenta uma forte cultura extrativista. Durante o período de safra, os colhedores acampam na mata e colhem os frutos até durante a madrugada. Característico da culinária da região, o pequi é a principal fonte de renda das comunidades extrativistas e movimenta mais de R$ 1,5 milhão no Cariri.

O “tempo de pequi” costuma também separar os apaixonados pelo fruto, e os que não são afeitos a adicionar a iguaria na culinária tradicional do dia a dia. Para quem ama o sabor, o Site Miséria preparou uma lista de quatro receitas, das mais tradicionais até um brigadeiro, utilizando o pequi como ingrediente principal. Leia aqui.

Compartilhar
Comentar
*Publicidade