Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Túmulo da beata Maria de Araújo é alvo de vandalismo no cemitério do Socorro, em Juazeiro do Norte
Pessoas que regularmente frequentam o local perceberam que a lápide sofreu uma tentativa de remoção.
Rogério Brito
Foto: Reprodução

A lápide que homenageia a beata Maria de Araújo, no cemitério do Socorro, em Juazeiro do Norte, foi alvo de vandalismo durante a madrugada desse Domingo de Páscoa, dia 31. Pessoas que regularmente frequentam o local perceberam que a peça sofreu uma tentativa de remoção.

Imagens mostram que os vândalos conseguiram desafixar a placa, mas não conseguiram destruí-la ou e levá-la. A lápide foi encomendada pelo devoto André Leal, em agradecimento a uma graça alcançada por ele em janeiro deste ano. “Isso não pode acontecer. Quando vão deixar a Beata em paz?”, disse ele.

Os restos mortais da beata Maria de Araújo não estão depositados no local, uma vez que eles foram sequestrados na década de 1930. Até hoje, não se sabe para onde foram levados.

“Além de ser um crime é uma grande falta de respeito com a imagem desta mulher que fez faz parte da nossa história e que sempre esteve ao lado do Padre Cícero”, lamentou o grupo Candieiros, que produziu o documentário “Onde estão os restos mortais da Beata Maria de Araújo?”.

Compartilhar
Loading spinner
Comentar
+ Lidas
Publicidade