Novo decreto estadual restringe liberação do esporte somente a times do Campeonato Cearense - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Novo decreto estadual restringe liberação do esporte somente a times do Campeonato Cearense
Profissionais de esportes individuais não poderão voltar à ativa neste primeiro momento
Redação
Ceará não terá atividades retomadas até fim do decreto do Governo do Estado . - Foto: Felipe Santos/cearasc.com

Durou pouco a expectativa dos personal trainers de voltarem à atividade no Estado do Ceará. Mesmo tendo sido incluídos na fase de transição do plano de retomada da economia do Governo do Estado, os profissionais de esportes individuais não poderão voltar à ativa neste primeiro momento, segundo o novo decreto que determina isolamento social no Estado em decorrência da Covid-19.

No capítulo V do decreto, que versa sobre a “Liberação Responsável de Atividades”, o trecho relacionado ao esporte é bem claro sobre quais atividades estão liberadas:

Embora o estadual esteja apenas na segunda fase, a “final” do Campeonato Cearense refere-se aos times que estão neste estágio da competição: Ceará, Fortaleza, Ferroviário, Atlético/CE, Caucaia, Barbalha, Pacajus e Guarany de Sobral.

Dos clubes “permitidos” a retornar, somente Ceará e Fortaleza, que atualmente estão na primeira divisão do futebol brasileiro, sinalizaram intenção de voltar logo no primeiro dia da fase de transição, ou seja, 1º de junho (segunda-feira). Os demais clubes ainda se preparam para adquirir insumos necessários para cumprimento de protocolos sanitários.

O decreto também é enfático sobre o uso de espaços públicos ou privados para o esporte, mesmo sem vinculação profissional. “As praias, as praças e demais espaços de uso coletivo, público e privado, não poderão, no período de emergência em saúde, ser utilizados para promoção de qualquer atividade”.

Diário do Nordeste

Compartilhar:
Comentar:
*Publicidade