Dia do cinema brasileiro: conheça 5 filmes nacionais fora do gênero comédia - Site Miséria 

Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Dia do cinema brasileiro: conheça 5 filmes nacionais fora do gênero comédia
Yanne Vieira
(Marcelo Camargo/Agência Brasil)

Neste domingo (19), comemora-se o dia do cinema brasileiro. A data homenageia o registro das primeiras imagens em movimento no Brasil, pelo cinegrafista ítalo-brasileiro Afonso Segreto, em 1898. Há, no entanto, quem celebre a data no dia 5 de novembro, quando ocorreu a primeira exibição cinematográfica pública, promovida no país no ano de 1896. Para comemorar a data, separamos indicações de filmes nacionais fora do gênero de comédia.

Boi Neon

Foto: Divulgação

Dirigido por Gabriel Mascaro, Boi Neon foi lançado em 2016 e retrata o nordeste pós-industrial. Sinopse: Iremar é um vaqueiro de curral que viaja pelo Nordeste, ao lado de Galega e a pequena Geise. Por onde passa Iremar recolhe revistas, panos e restos de manequins, já que seu grande sonho é largar tudo para iniciar uma carreira como estilista no Pólo de Confecções do Agreste.

Terra em Transe

Foto: Divulgação

O terceiro longa-metragem de Glauber Rocha, Terra em Transe, foi lançado em 1967 e narra a história do senador Porfírio Diaz, que detesta seu povo e pretende tornar-se imperador de Eldorado, um país fictício localizado na América do Sul. Porém existem diversos homens que querem este poder, que resolvem enfrentá-lo. Enquanto isso, o poeta e jornalista Paulo Martins, ao perceber as reais intenções de Diaz, muda de lado, abandonando seu antigo protetor.

O invasor

Foto: Divulgação

Com a direção de Beto Brant, o filme ‘O invasor’ foi lançado em 2001 e é uma adaptação do livro de Marçal Aquino, “O Invasor”. Sinopse: Estevão, Ivan e Gilberto são companheiros desde os tempos de faculdade. Além disto, são sócios em uma construtora de sucesso há mais de 15 anos. O relacionamento entre eles sempre foi muito bom, até que um desentendimento na condução dos negócios faz com que eles entrem em choque, com Estevão, sócio majoritário, ameaçando deixar o negócio. Acuados, Ivan e Gilberto decidem então contratar Anísio, um matador de aluguel, para assassinar Estevão e poderem conduzir a construtora do modo como bem entendem. Entretanto, Anísio tem seus próprios planos de ascensão social e aos poucos invade cada vez mais as vidas de Ivan e Gilberto.

Cinema, Aspirina e Urubus

Foto: Divulgação

Dirigido por Marcelo Gomes, Cinema, Aspirina e Urubus foi lançado em 2005 e perpassa a comédia com a inclusão do drama. Sinopse: Em 1942, no meio do sertão nordestino, dois homens vindos de mundos diferentes se encontram. Um deles é Johann, alemão fugido da 2ª Guerra Mundial, que dirige um caminhão e vende aspirinas pelo interior do país. O outro é Ranulpho, um homem simples que sempre viveu no sertão e que, após ganhar uma carona de Johann, passa a trabalhar para ele como ajudante. Viajando de povoado em povoado, a dupla exibe filmes promocionais sobre o remédio “milagroso” para pessoas que jamais tiveram a oportunidade de ir ao cinema. Aos poucos surge entre eles uma forte amizade.

Hoje eu quero voltar sozinho

Foto: Divulgação

Com a direção de Daniel Ribeiro, o filme foi lançado em 2014 e tem enredo de romance. Sinopse: Leonardo, um adolescente cego, tenta lidar com a mãe superprotetora ao mesmo tempo em que busca sua independência. Quando Gabriel (Fabio Audi) chega na cidade, novos sentimentos começam a surgir em Leonardo, fazendo com que ele descubra mais sobre si mesmo e sua sexualidade.

Compartilhar
Comentar
*Publicidade