Compartilhar
Publicidade
Publicidade
Araripe: Geovane Guedes fica inelegível após Câmara reprovar suas contas de governo
A decisão acompanha o parecer do Tribunal de Contas do Estado (TCE).
Rogério Brito
Geovane Guedes. (Foto: Reprodução)

Por 6 votos a 5, a Câmara Municipal de Araripe desaprovou, nesta terça-feira (2), as contas de gestão do ex-prefeito Geovane Guedes (PT). Com o resultado, Guedes fica inelegível e fora do páreo nas eleições municipais de outubro.

O julgamento da Câmara acompanha a recomendação do Tribunal de Contas do Estado (TCE), que havia emitido parecer pela desaprovação das contas do ex-prefeito, referentes ao exercício financeiro de 2019.

Em dezembro do ano passado, o TCE pediu que as contas da gestão de Geovane Guedes fossem reprovadas, apontando que político teria desrespeitado as normas contábeis vigentes do período de seu governo.

Em janeiro, o tribunal deu 60 dias para que a Câmara Municipal julgasse as contas de governo de Guedes. O presidente da Casa, vereador Zé Gordim, foi notificado para que as contas do ex-gestor fossem colocadas em votação.

O julgamento político não cabe recurso. Para tentar reverter a inegibilidade, Guedes deverá recorrer na esfera judicial.

Compartilhar
Loading spinner
Comentar
+ Lidas
Publicidade